Web Summit escolhe Porto para abrir segundo escritório em Portugal

Web Summit continua a expandir o número de contratações em Portugal, também em geografia. Vai abrir novo escritório, de tecnologia, no Porto.

Web Summit 2018

Depois de Lisboa, o Web Summit prepara-se para abrir o segundo escritório em solo nacional, desta vez no Porto. O anúncio foi feito esta manhã por Paddy Cosgrave, nas “manhãs 360” da rádio Observador. A pouco mais de um mês do arranque do evento — que se realiza em Portugal pelo quarto ano consecutivo –, o irlandês adiantou que o responsável por toda a área de rede wi-fi do evento vai mudar-se para Portugal.

“Estamos a ultimar a abertura do escritório do Web Summit no Porto. A pessoa responsável pela rede wi-fi do Web Summit vai mudar-se para o Porto. Será a pessoa ideal para dar entrevistas quando houver questões relacionadas com esse tema”, brincou o cofundador do maior evento de tecnologia e empreendedorismo do mundo.

Além desta nova abertura, Paddy anunciou ainda que, além de Lisboa, o Web Summit se prepara para abrir vagas de trabalho — desta feita, apenas em tecnologia — para o escritório do Porto. Todas as ofertas de trabalho da empresa podem ser consultadas online.

O Web Summit mudou-se para Portugal em 2016, depois de Lisboa disputar o lugar com cidades como Madrid e Paris. Em 2017 anunciou a abertura do primeiro escritório na capital portuguesa. No ano passado, o evento contou com a participação de cerca de 70 mil participantes vindos de quase uma centena e meia de países de todo o mundo.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Web Summit escolhe Porto para abrir segundo escritório em Portugal

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião