200M anuncia investimento na Platforme. Junta-se à Barkyn e à EatTasty

Fundo de coinvestimento com o Estado fechou sexto financiamento e está a caminho dos 50 milhões de investimento total.

A Platforme, startup que desenvolve soluções de customização em 3D para os mercados de luxo, moda e lifestyle, é a nova investida do 200M, o fundo que o Estado criou para cofinanciar projetos nacionais com investidores privados.

Fundada por um grupo de empresários portugueses e, com investidores como José Neves, fundador e CEO da Farfetch, a Platforme tem o centro de tecnologia no norte de Portugal. Entre os investidores nesta ronda estão ainda The Luxury Fund, Paula Amorim, líder do Grupo Amorim, uma relevante marca europeia da moda de luxo e a Nordstrom, uma grande empresa americana de retalho, esclarece fonte do 200M em comunicado.

Na ronda, a Platforme levantou 12 milhões de dólares, no total, que servirão para “captar e reter talento” e, “provavelmente, para trabalhar em algumas parcerias estratégicas”, acrescenta Gonçalo Cruz, CEO da empresa. “Estamos a estudar algumas empresas para criar sinergias. Essencialmente, esta ronda serve como avenida financeira para testar outras unidades de negócio que ainda não representam muito mas que acreditamos que podem assumir mais relevância”, explica, em entrevista ao ECO. “Foi uma ronda estratégica, nesse sentido, para podermos pôr um pé noutras áreas menos relevantes que podem ter outra relevância no futuro”.

Gonçalo Cruz explica que o objetivo da Platforme é liderar. “Queremos ser o sistema operativo base do made to order, uma lógica de produção em fábrica em que o inventário é digital e o cliente escolhe à medida”, explica. A título de exemplo, Gonçalo dá como ponto de partida a maneira como funciona a indústria automóvel. “A moda gera biliões de dólares de desperdício, isso não faz sentido. E uma maneira de as marcas crescerem e, ao mesmo tempo, reduzirem o desperdício financeiro, de recursos e ambiental, é que uma parte das coleções seja digital. As coisas só serão produzidas para os clientes quando a compra está feita e isso impede o desperdício à partida”.

A Platforme foi o terceiro investimento do verão — e o sexto investimento total — anunciado pelo 200M, e vem juntar-se às rondas cofinanciadas na Barkyn (1,7 milhões e liderada pela Indico) e na EatTasty (1,1 milhões, também liderada pela Indico), já noticiadas pelo ECO. Além destas, o 200M já coinvestiu na Biosurfit, na LiMM Therapeutics e na 360imprimir, fundada por seis empreendedores que foram finalistas do Prémio João Vasconcelos, entregue esta quarta-feira.

Com os três investimentos — de aproximadamente 15 milhões no total, dos quais 6 milhões são investidos pelo Estado –, o fundo de coinvestimento 200M fecha o verão a caminho dos 50 milhões de euros de investimento total.

“Este modelo de coinvestimento com operadores experientes que aportam capital e conhecimento às empresas tecnológicas na fase de crescimento funciona e a PME Investimentos está muito satisfeita por mais este contributo para apoiar as empresas em Portugal, trabalho que faz há 30 anos e com muitos recursos já aplicados na economia”, detalha Marco Fernandes, CEO da PME Investimentos, entidade gestora, citado em comunicado.

Desde o início do anúncio de investimento, o 200M coinvestiu já em empresas de desenvolvimento de medicamentos, tecnologia médica e e-commerce, restauração e tecnologia. As candidaturas já submetidas representam cerca de 80 milhões de euros de investimento total previsto em startups portuguesas e preveem criar mais de 1.500 postos de trabalho.

Criado no final de 2018 para atrair e acompanhar investidores da primeira linha a investir em startups nacionais e no ecossistema empreendedor português, o fundo 200M investe até 50% em rondas Seed, A e B, lideradas por investidores privados, e oferece a opção de compra da sua participação nas empresas do portfólio por um preço atraente, por um período de tempo. O modelo ajuda a reduzir o seu risco em investimentos em estágio inicial, mantendo o potencial de rentabilidade.

*Notícia atualizada às 11h51 com mais informação.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

200M anuncia investimento na Platforme. Junta-se à Barkyn e à EatTasty

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião