OutSystems lança escola de código. Quer formar 100 profissionais até ao fim do ano

Unicórnio criou escola de cursos gratuitos de programação para capacitar novos programadores a entrarem no ecossistema da empresa. Quer formar 100 alunos até final deste ano.

A OutSystems acaba de lançar a Low-Code School, uma escola de programação para formar novos profissionais, anunciou a empresa esta segunda-feira. A ideia é que a empresa líder mundial do mercado de plataformas low-code para o desenvolvimento rápido de aplicações, considerada unicórnio (com avaliação superior a mil milhões de dólares), possa formar profissionais na tecnologia OutSystems de forma a “aumentar as oportunidades de carreira e expandir o atual ecossistema em constante crescimento”, refere a empresa em comunicado.

No arranque, estão previstas cinco edições do programa, em regime integrar e pós-laboral, nas cidades de Lisboa, Braga e Castelo Branco. Os cursos são gratuitos e estão disponíveis para estudantes finalistas e/ou recém formados de cursos profissionais na área das Ciências Informáticas, bem como programadores com mínimo de três anos de experiência em linguagens de programação web ou mobile.

A primeira edição do curso decorre entre 21 de outubro e 4 de novembro, em Linda-a-Velha, em horário pós-laboral. Os candidatos devem apresentar candidatura através da página do programa, e até 14 de outubro.

Os cursos têm a duração de duas semanas e incluem acesso gratuito a um exame de certificação profissional e a oportunidade de uma proposta de emprego numa empresa parceira do ecossistema OutSystems. Até ao final do ano, a OutSystems quer formar uma centena de profissionais na tecnologia da empresa. As próximas edições pós-laboral para profissionais decorrem em Braga e em Castelo Branco, de 11 a 25 de novembro e de 2 a 16 de dezembro, respetivamente.

Usada em mais de 1.000 empresas em 52 países do mundo, a tecnologia OutSystems conta com uma rede de 250 parceiros. “A procura de profissionais com certificação técnica em OutSystems tem vindo a crescer de forma sustentada e é expectável que venha mesmo a duplicar no próximo ano”, refere a empresa em comunicado. Atualmente — em Portugal e Europa — existem mais de 600 vagas que procuram profissionais com certificação nesta tecnologia low-code.

Apoie o jornalismo económico independente. Contribua

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso. O acesso às notícias do ECO é (ainda) livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo rigoroso e credível, mas não só. É continuar a informar apesar do confinamento, é continuar a escrutinar as decisões políticas quando tudo parece descontrolado.

Introduza um valor

Valor mínimo 5€. Após confirmação será gerada uma referência Multibanco.

Comentários ({{ total }})

OutSystems lança escola de código. Quer formar 100 profissionais até ao fim do ano

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião