Atena Equity Partners tem 15 milhões para investir na Maló Clinic

A sociedade gestora de fundos que comprou a Maló Clinic em maio tem disponíveis 15 milhões de euros para investir na empresa. Crescer na Polónia é um dos objetivos.

Poucos meses depois de ter adquirido a Maló Clinic, a sociedade gestora Atena Equity Partners está preparada para investir 15 milhões de euros no grupo fundado por Paulo Maló, mas este valor poderá ser bastante superior. Para os novos administradores, a fase de instabilidade financeira “está ultrapassada” e é agora o momento de apostar, entre outros pontos, na expansão internacional, nomeadamente na Polónia.

Em curso está já um plano de investimento de quatro milhões de euros, tal como foi anunciado na altura em que a Atena adquiriu o grupo português. Mas “no bolso” dos novos donos estão outros 15 milhões de euros disponíveis, anunciaram esta terça-feira os novos administradores da Maló Clinic, num encontro com jornalistas.

“Temos essa capacidade e esse dinheiro reservado, que vai depender da velocidade e das oportunidades que apareceram. Mas cada euro que pudermos investir, vai ser investido. Temos capacidade, do ponto de vista financeiro, para fazer tudo sozinhos“, disse João Rodrigo Santos, presidente do conselho de administração da Malóc Clinic e partner da Atena.

Contudo, de onde esse dinheiro vem, poderá vir muito mais. Através de coinvestimento com outros participantes poderão chegar 40 milhões de euros, adiantou João Rodrigo Santos, sublinhando que nos vários anos que tem de experiência, viu “poucas empresas com um potencial” como o da Maló Clinic.

Na lista dos objetivos da nova administração está ainda um crescimento médio anual de 5% e um volume de negócios de 47 milhões de euros até 2025.

Novas aberturas, digitalização e aposta na Polónia

Os milhões que estão e que ainda venham a ser investidos na Maló Clinic serão aplicados na abertura de novas clínicas — uma em Portimão e outras duas cujas localizações ainda não estão decididas. Destaque ainda para o setor tecnológico, mais concretamente na digitalização, onde o objetivo é desenvolver a “clínica do futuro em Lisboa”, assim como um “laboratório do futuro”, estando já em curso 44 projetos de I&D.

Mas os planos não ficam por aqui. A ideia é crescer na Polónia, onde o grupo já está presente. “Temos uma clínica na Polónia que está a crescer bastante bem e que não consegue crescer mais. É uma clínica que pode ser aumentada”, explicou João Rodrigo Santos, acrescentando que este processo de internacionalização será diferente do aplicado no passado pela anterior administração. A ideia, esclareceu, não vai passar pela abertura de novas clínicas em território polaco, porque “isso é muito difícil e não há necessidade de o fazer”.

No passado, “foi dedicado demasiado tempo a uma situação que, à partida, era muito complicada”, disse o responsável, apontando como errada a estratégia de abertura de novas clínicas fora do país.

“Vi poucas empresas em Portugal com este potencial de expansão. É mais interessante, e do ponto de vista do investimento, conseguir fazer crescer uma empresa que se conhece do que andar a vender e a comprar. Vamos ficar cá por muitos anos“, afirmou João Rodrigo Santos.

O grupo de medicina dentária atravessa um Processo Especial de Revitalização (PER), devido à dívida que tinha de 67,5 milhões de euros junto de vários credores. Contudo, conseguiu que fossem perdoados mais de 40 milhões de euros — entre os quais 25 milhões do Novo Banco — e, atualmente, a dívida do grupo é de cerca de 27 milhões de euros.

(Notícia atualizada às 12h54 com mais informação)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Atena Equity Partners tem 15 milhões para investir na Maló Clinic

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião