Novo impasse no Brexit preocupa investidores. Wall Street no vermelho

Os mercados norte-americanos terminaram a segunda sessão da semana em terreno negativo, com os investidores preocupados com um novo impasse no Brexit e focados na época de resultados.

O Parlamento britânico chumbou, esta terça-feira, o calendário proposto por Boris Johnson para a aprovação da legislação sobre o acordo do Brexit, o que está a deixar os investidores preocupados. Ainda que tenha iniciado a sessão em terreno positivo, a praça nova-iorquina fechou no vermelho, com os investidores focados, além disso, na época de resultados.

Na segunda sessão da semana, o índice de referência nacional, o S&P 500, desvalorizou 0,35% para 2.996,17 pontos. Também em terreno negativo ficaram o industrial Dow Jones, que recuou 0,13% para 26.793,73 pontos, e o tecnológico Nasdaq, que caiu 0,71% para 8.104,80 pontos.

Os investidores ficaram desanimados, depois dos deputados britânicos terem chumbado o calendário proposto por Boris Johnson para a aprovação da legislação sobre o acordo do Brexit. O Governo britânico queria que a legislação fosse debatida e aprovada em três dias, ou seja, até esta quinta-feira, mas o Parlamento impediuu que tal acontecesse. Perante esta decisão parlamentar, Boris Johnson colocou a aprovação da legislação em pausa, deixando o processo “no limbo”.

“Há algum desapontamento provocado pelo Brexit”, sublinha o analistaTim Ghriskey, citado pela Reuters. Ainda assim, Ghriskey nota: “Não acho que [o Brexit] tenha um impacto enorme no mercado norte-americano”.

Por outro lado, há a destacar os títulos da Biogen Inc, que subiram 26,11% para 281,87 dólares. A empresa anunciou que vai submeter à aprovação da Food and Drug Administration (FDA) norte-americana um novo tratamento para a doença de Alzheimer, o que trouxe alguma animação aos mercados.

Os investidores dos EUA estão, de resto, focados na época de resultados. As contas da McDonald’s defraudaram as expectativas, mas há otimismo o que diz respeito aos resultados da Procter & Gamble e da United Technologies Corp.

Nesta sessão, enquanto os títulos da McDonald’s recuaram 6,16% para 204,41 dólares, as ações da Procter & Gamble somaram 2,60% para 122,18 dólares e as United Technologies Corp da avançaram 2,21% para 141,41 dólares. Também os títulos da Harley-Davidson subiram 7,98% para 40,04 dólares, depois de a empresa ter apresentado resultados melhores do que os esperados.

Comentários ({{ total }})

Novo impasse no Brexit preocupa investidores. Wall Street no vermelho

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião