Pensionistas da CGA vão poder fazer prova de vida com reconhecimento facial ou de voz

Os pensionistas da CGA que estejam a viver no estrangeiro vão passar a poder fazer prova de vida através do seu smartphone, com recurso a reconhecimento facial ou de voz.

Os pensionistas da Caixa Geral de Aposentações (CGA) residentes no estrangeiro vão passar a poder fazer prova de vida através de reconhecimento facial ou de voz. De acordo com o diretor central da CGA, esta funcionalidade começará a ser testada, já em dezembro, num projeto-piloto em Macau, onde se encontram cerca de dois mil dos 11 mil funcionários públicos aposentados a viver fora de Portugal.

Atualmente, a prova de vida é feita de forma anual e por via documental, exigindo a deslocação do utente até a um consulado português, o que resulta em custos não só implicados na viagens, mas também exigidos pelos serviços.

Com esta nova funcionalidade, essa deslocação deixa de ser necessária. Os pensionistas passam, assim, a fazer a prova de vida através do seu smartphone. Com recurso a reconhecimento facial ou de voz, os subscritores da CGA passam a ser identificados como vivos, sem que tenham sequer de sair de casa.

De acordo com o diretor central da CGA, esta modalidade é de adesão voluntária e gratuita, ficando estes utentes dispensados de fazer prova de vida presencialmente. Os pensionistas que aderirem terão, por outro lado, de cumprir a prova de vida uma vez por mês, aumentando-se consideravelmente a regularidade deste processo.

Tal irá permitir um um maior controlo sobre as pensões pagas, uma vez que em vez de uma prova de vida anual, essa autenticação passa a ser feita com maior regularidade, evitando o pagamento de prestações após a morte do beneficiário.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Pensionistas da CGA vão poder fazer prova de vida com reconhecimento facial ou de voz

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião