EuroBic avança para tribunal contra Ana Gomes por causa das declarações sobre Isabel dos Santos

O EuroBic vai mesmo avançar com os procedimentos judiciais contra Ana Gomes por causa das "falsidades proferidas" pela ex-eurodeputada

O EuroBic vai mesmo avançar para tribunal contra Ana Gomes por causa das “falsidades proferidas” pela ex-eurodeputada sobre Isabel dos Santos. Ana Gomes acusou (ainda que indiretamente) a empresária angolana de usar este banco para “lavar dinheiro”.

No início de outubro, Isabel dos Santos disse em entrevista à Lusa: “Tenho muitas dívidas, tenho muito financiamento por pagar, as taxas de juros são elevadas, nem sempre é fácil também ter essa sustentabilidade do negócio, para conseguir enfrentar toda a parte financeira dos negócios”.

Foi na sequência dessas declarações que Ana Gomes escreveu no Twitter que a empresária em causa se endivida muito “porque, ao liquidar as dívidas, ‘lava-se que se farta” e acrescentou: “Os bancos [que] querem ser ressarcidos, só em teoria cumprem a #AMLD [Diretiva Anti-Braqueamento de Capitais]; De facto, não querem saber a origem do dinheiro. E o Banco de Portugal não quer ver”.

A ex-deputada sugeriu ainda que o EuroBic, onde Isabel dos Santos é acionista através da Santoro, será a máquina de lavar o dinheiro. “Que jeito dá à PEPíssima [Pessoa Politicamente Exposta] acionista Isabel dos Santos o Banco EuroBic! Está na rede Swift e na Zona Euro, passa por lá para liquidar dívidas junto de outros bancos. Sem due diligences pois já circulou por banco da Zona Euro. O Banco de Portugal e o Banco Central Europeu assobiam para ar!”, escreveu, na rede social.

Em reação, Teixeira dos Santos disse: A drª Ana Gomes ou prova o que afirma ou será acusada de difamação. Em resposta a este desafio, Ana Gomes garantiu ter essa provas e acrescentou: “Estou farta de apresentá-las às autoridades nacionais e europeias”.

Face a esta posição da ex-eurodeputada, o EuroBic fez saber, esta quinta-feira, que irá mesmo avançar para tribunal contra Ana Gomes. “Uma vez que as falsidades proferidas pela Dra. Ana Gomes lesam o bom-nome e reputação do EuroBic, o banco decidiu avançar com os procedimentos judiciais adequados com vista à salvaguarda dos seus direitos”, explica o EuroBic em comunicado.

(Notícia atualizada às 18h08)

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

EuroBic avança para tribunal contra Ana Gomes por causa das declarações sobre Isabel dos Santos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião