Navigator não encontra justificação para greve dos trabalhadores. Recorda bónus

  • ECO
  • 11 Novembro 2019

A empresa, que conta com mais de 3.200 colaboradores, enfrenta uma greve entre 13 e 16 de novembro de 2019. Diz que não percebe argumentos dos trabalhadores.

A Navigator enfrenta uma greve de trabalhadores entre 13 e 16 de novembro de 2019. Diz que não percebe argumentos dos colaboradores, tendo em conta as várias concessões feitas, nomeadamente os aumentos generalizados nos ordenados e subsídios, mas também a redução do horário de trabalho e o fundo de pensões. Isto além do bónus de 23 milhões já pago.

A fabricante de pasta e papel aponta que o horário de trabalho na empresa passou de 40 para 39 horas semanais em 2019 e para 38 horas semanais a partir de 2020 e que atribuiu, nos últimos 5 anos, prémios de performance que totalizaram mais de 80 milhões de euros, em comunicado enviado às redações.

Salientou ainda que a atualização salarial sofreu aumentos entre 1,5% e 2%, sendo que o subsídio mensal de alimentação (7,85 euros), o subsídio de infantário até aos 12 meses (70 euros) e o subsídio mensal de apoio especial aos filhos dos trabalhadores portadores de deficiência (100 euros) também foram atualizados.

Para sustentar porque é que “não encontra justificação” para esta greve, a Navigator enumera também um conjunto de regalias que os trabalhadores têm, entre os quais se inclui o subsídio anual de livros para os filhos de todos os trabalhadores, entre o 1º ciclo e o Ensino Superior, o aumento no número de feriados de laboração contínua e seguros de vida, saúde e fundo de pensões.

Por sua vez, os trabalhadores, através de um comunicado da Fiequimetal – Federação Intersindical das Indústrias Metalúrgicas, Químicas, Elétricas, Farmacêutica, Celulose, Papel, Gráfica, Imprensa, Energia e Minas, explicam que vão protestar “em defesa de um reenquadramento salarial e revisão do plano de carreiras”.

(Notícia atualizada às 18h45)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Navigator não encontra justificação para greve dos trabalhadores. Recorda bónus

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião