Fascinado com o espaço? A European Space Agency já abriu candidaturas para estágios

Se o seu sonho sempre foi trabalhar numa agência espacial e estudar o sistema solar, o programa Young Graduate Trainee (YGT) oferece agora uma experiência de um ano na European Space Agency (ESA).

Se o seu sonho sempre foi trabalhar numa agência espacial e estudar o sistema solar, o programa Young Graduate Trainee (YGT) oferece agora uma experiência de um ano na European Space Agency (ESA).

O programa de estágios da Young Graduate Trainee apresenta-se como uma plataforma de lançamento no setor aeroespacial, research ou para outras organizações internacionais como a ESA. Abrindo portas nas áreas de engenharia, ciência, IT, ciências naturais/sociais, economia e serviços de administração, as candidaturas ao programa de estágios estão abertas até 15 de dezembro.

Oferecendo a experiência para uma carreira na área aeroespacial europeia em grandes institutos e um ambiente internacional e multicultural, a ESA pauta-se por “abraçar a diversidade e promover um ambiente de trabalho inclusivo”, refere no site. Assim, além desta experiência internacional, quem se candidatar pode contar com um contrato anual a receber, aproximadamente, 2.300 euros por mês (sendo que a quantia exata dependerá da localização da agência espacial onde forem colocados), despesas de viagem (ida e volta) pagas pelo instituto — tanto para o candidato como, se assim for o caso, para o seu companheiro e filhos –, 2,5 dias de férias pagas por mês e a cobertura total do seguro de saúde.

As candidaturas aos lugares exigem o registo e a criação de um perfil no site da ESA, além de ter de cumprir os seguintes requisitos:

  1. Ser estudante no último ano do mestrado numa universidade, politécnico ou instituto equivalente ou já ter terminado a sua formação, visto que os candidatos devem já ter concluído o mestrado quando começarem a trabalhar na ESA;
  2. Ser cidadão de um dos Estados membros da ESA — Áustria, Bélgica, República Checa, Dinamarca, Estónia, Finlândia, França, Alemanha, Grécia, Hungria, Irlanda, Itália, Luxemburgo, Holanda, Noruega, Polónia, Portugal, Roménia, Espanha, Suécia, Suíça e Reino Unido. Candidatos da Eslovénia, como membro associado, do Canadá, como Estado cooperante, ou da Bulgária, do Chipre, da Letónia, da Lituânia e da Eslováquia, como Estados cooperantes europeus, também podem inscrever-se.

Comentários ({{ total }})

Fascinado com o espaço? A European Space Agency já abriu candidaturas para estágios

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião