5 coisas que vão marcar o dia

Será conhecida evolução da dívida pública, no dia em que arranca conferência sobre mudanças climáticas, em Madrid, e em que Lagarde fala em Bruxelas sobre as perspectivas económicas para a Zona Euro.

Nesta segunda-feira, o Banco de Portugal divulga aquela que foi a evolução da dívida pública nacional no mês de outubro. Um pouco mais longe, em Bruxelas, Christine Lagarde participa na Comissão de Assuntos Económicos e Monetários, onde falará nas perspetivas económicas para a Zona Euro. A nível global, as atenções estarão centradas na 25.ª Conferência das Nações Unidas sobre Alterações Climáticas (COP25) que se realiza em Madrid. Por cá, serão ainda divulgados números sobre as vendas de carros e a Corticeira Amorim discute com os seus acionistas a distribuição de dividendos.

Como evoluiu a dívida pública em outubro?

Nesta segunda-feira, o Banco de Portugal divulga a evolução da dívida pública portuguesa em outubro. Os últimos dados, relativos a setembro, colocavam a dívida pública nos 252,3 mil milhões de euros, mais 231 milhões de euros que no mês anterior. Este valor compara com o máximo de 256,7 mil milhões de euros que foi atingido em maio.

Conferência sobre Mudanças Climáticas arranca em Madrid

As mudanças climáticas estão em discussão na 25.ª Conferência das Nações Unidas sobre Alterações Climáticas (COP25) que arranca esta segunda-feira em Madrid. A conferência realiza-se sob a presidência do Governo do Chile, com o apoio logístico do Governo de Espanha, com o lema “Tempo de Agir”. O evento conta com a presença do primeiro-ministro António Costa e do presidente do Parlamento Europeu, David Sassoli.

Lagarde na Comissão de Assuntos Económicos e Monetários

A nova presidente do banco Central Europeu (BCE) participa na Comissão de Assuntos Económicos e Monetários (ECON), no Parlamento Europeu. Será o primeiro diálogo sobre política monetária entre a ECON e Christine Lagarde, que irá apresentar as perspetivas para a economia da Zona Euro e os próximos passos da política monetária do BCE.

Acionistas da Corticeira Amorim discutem distribuição de reservas

Quase um mês depois de anunciar uma quebra de 7,1%, para 54,4 milhões de euros, nos seus lucros até setembro, a Corticeira Amorim reúne os acionistas em assembleia geral. Na reunião, o grupo presidido por António Rios Amorim pretende propor a distribuição parcial de reservas de 11,3 milhões de euros, equivalendo 8,5 cêntimos, brutos, por cada ação.

Como evoluíram as vendas de carros em novembro?

Esta segunda-feira serão divulgados os números sobre as vendas de carros em Portugal, no mês de novembro. Os últimos dados, relativos a outubro, revelaram o segundo mês consecutivo de aumento no número de carros vendidos, com um total de 19.047 automóveis matriculados. Ainda assim, o balanço no acumulado do ano apontava para uma quebra de 3,5% das vendas, segundo os dados da Associação do Comércio Automóvel de Portugal (ACAP).

Comentários ({{ total }})

5 coisas que vão marcar o dia

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião