Uría Menéndez e Goméz-Acebo & Pombo assessoram Cofina e Media Capital

A sociedade de advogados Uría Menéndez-Proença de Carvalho assessora a Cofina na oferta pública de aquisição sobre a TVI. Já a Goméz-Acebo & Pombo assessora a Prisa/Media Capital.

A sociedade de advogados Uría Menéndez-Proença de Carvalho está a assessorar juridicamente a Cofina na oferta pública de aquisição (OPA) sobre a Media Capital. O grupo espanhol Prisa, que detém a Media Capital, por outro lado, encontra-se a ser assessorado pela sociedade Goméz-Acebo & Pombo, segundo avança o Jornal Económico [acesso pago].

A equipa de assessoria da Uría Menéndez-Proença de Carvalho é liderada pelo sócio Carlos Costa Andrade, sendo composta por cinco advogados. Esta equipa encontra-se ainda a assessorar a aquisição das ações que a Prisa detém na Media Capital.

Em 21 de setembro, a Cofina anunciou que tinha chegado a acordo com a espanhola Prisa para comprar a totalidade das ações que detém na Media Capital, valorizando a empresa (‘enterprise value’) em 255 milhões de euros. A operação de compra inclui também a dívida da Media Capital.

A Cofina pediu o registo da Oferta Pública de Aquisição (OPA) sobre a Media Capital em 11 de outubro, último dia do prazo para o fazer.

Comentários ({{ total }})

Uría Menéndez e Goméz-Acebo & Pombo assessoram Cofina e Media Capital

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião