Estes foram os youtubers mais bem pagos este ano

A Forbes foi à procura dos youtubers mais bem pagos durante este ano. A lista é dominada por crianças e jovens, que no seu conjunto ganharam mais de 160 milhões de dólares.

O YouTube está a criar cada vez mais celebridades. E, nos dias que correm, aquilo que poderia ser visto como um hobbie está a tornar-se um autêntico negócio milionário.

A Forbes elaborou uma lista dos youtubers mais bem pagos do ano. A lista é dominada por crianças e jovens, que foram catapultados para o estrelato por atividades tão diversas como abrir brinquedos ou desporto. Conheça os cinco youtubers mais bem pagos de 2019.

1. Ryan Kaji – 26 milhões de dólares (23,36 milhões de euros)

Com apenas oito anos de idade, é o líder do ranking da Forbes deste ano. Ryan Kaji ficou conhecido aos três anos por abrir presentes — um género de unboxing — em frente às câmaras. Agora, publica vídeos das experiências científicas que faz e lançou uma linha com mais de 100 brinquedos e vestuário. Até tem um acordo com a Nickelodeon e a Hulu.

2. Dude Perfect – 20 milhões de dólares (17,97 milhões de euros)

São cinco amigos na casa dos 30 anos que ficaram famosos a publicarem vídeos a praticar desporto. Coby Cotton, Cory Cotton, Garret Hilbert, Cody Jones e Tyler Toney surgem a fazer acrobacias e até já bateram recordes do Guinness.

3. Anastasia Radzinskaya – 18 milhões de dólares (16,18 milhões de euros)

Anastasia Radzinskaya tem cinco anos, nasceu na Rússia e já é considerada uma das criadora mais promissoras do momento. Nos vídeos, a criança aparece a brincar com o pai e os conteúdos já são publicados em sete línguas diferentes. Marcas como a Lego já investiram milhares de euros em parcerias com a menina.

4. Rhett e Link – 17,5 milhões de dólares (15,73 milhões de euros)

Rhett McLaughlin e Link Neal foram das primeiras estrelas do YouTube e apresentam Good Mythical Morning, um dos daily slows mais populares da plataforma. No portefólio contam com quatro canais, bem como um podcast e dois livros publicados.

5. Jeffree Star – 17 milhões de dólares (15,28 milhões de euros)

Jeffree Star começou por publicar música no MySpace, mas agora destaca-se no YouTube, onde divulga tutoriais de maquilhagem. Tem uma linha de batons, entre outros produtos.

Segundo a Forbes, esta lista foi feita com base nas receitas dos youtubers sem contar com impostos e outros encargos, como as comissões aos agentes ou advogados. O período analisado pela revista foi entre 1 de junho de 2018 e 1 de junho de 2019.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Estes foram os youtubers mais bem pagos este ano

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião