Tesla consegue empréstimo de 1,4 mil milhões dólares de bancos chineses

A fabricante automóvel norte-americana de carros elétricos conseguiu um empréstimo de 1,4 milhões de dólares, a cinco anos. Montante servirá para aplicar em parte na fábrica de Xangai, na China.

A Tesla e um grupo de vários bancos chineses assinaram um acordo que prevê um empréstimo a cinco anos no valor de cerca de 1,4 mil milhões de dólares (1,26 mil milhões de euros). Este montante será aplicado nas instalações da fabricante de automóveis elétricos em Xangai, avança a Reuters (acesso livre, conteúdo em inglês) citando fontes próximas do processo.

O China Construction Bank, o Banco Agrícola da China, o Banco Industrial e Comercial Chinês e o Banco de Desenvolvimento Shanghai Pudong estão entre as instituições financeiras que concederam o financiamento à Tesla, disse uma fonte próxima do processo à Reuters.

Este empréstimo servirá para abater parte de um crédito de 3,5 mil milhões de yuans (cerca de 450 milhões de euros) que já tinha sido concedido por instituições bancárias chinesas à fabricante automóvel e que vencerá a 4 de março de 2020. O restante valor será utilizado para reforçar as operações da Tesla na fábrica de Xangai, na China.

Na semana passada, foi noticiado que a Tesla estaria a ponderar cortar o preço dos Model 3 fabricados na China em 20% ou mais, já a partir do segundo semestre de 2020. A ideia passa por reduzir os custos ao utilizar componentes locais, de forma a importar menos peças e evitar tarifas. Isto permitiria diminuir o preço dos automóveis, com o objetivo de estimular a procura.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Tesla consegue empréstimo de 1,4 mil milhões dólares de bancos chineses

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião