Governo contrata para Presidência Portuguesa da UE. Há 32 vagas

Executivo abriu esta quarta-feira o concurso para o recrutamento de trabalhadores na Presidência Portuguesa da União Europeia, em 2021. Há 32 vagas disponíveis.

O governo publicou, esta quarta-feira em Diário da República, o anúncio de recrutamento para trabalhadores que queiram candidatar-se aos lugares disponíveis no âmbito “da Estrutura de Missão para a Presidência Portuguesa do Conselho da União Europeia em 2021“.

Disponíveis estão um total de 32 vagas. Para o núcleo da Secretaria-geral do Ministério dos Negócios estrangeiros, existem nove lugares disponíveis em áreas como a administração e assuntos consulares (2), vistos e circulação de pessoas (1), apoio às atividades do Camões I.P. (3), serviços de protocolo (1), informação e imprensa (1), cifra e informática (1). Já no núcleo da direção-geral de Política Externa da Unidade de Coordenação e Acompanhamento Técnico Diplomático, existem 15 lugares a concurso. Todos os lugares disponíveis são de “apoio especializado à preparação e exercício da Presidência Portuguesa do Conselho da União Europeia em 2021”.

Todas as vagas são para o exercício de funções da carreira/categoria de técnico superior.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Governo contrata para Presidência Portuguesa da UE. Há 32 vagas

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião