Madeira boicota segunda volta das eleições no PSD

  • ECO
  • 14 Janeiro 2020

Expresso avança que as sedes laranja vão estar fechadas no sábado, para quando está marcada a segunda volta das eleições para a escolha do futuro presidente do PSD.

As sedes do PSD na Madeira vão estar fechadas no próximo sábado, quando se realiza a segunda volta das eleições internas para a escolha do próximo presidente social-democrata, como forma de protesto, depois de na primeira volta os votos na Madeira não terem sido contabilizados, avança o Expresso.

A decisão já está fechada, mas na reunião marcada para esta terça-feira à tarde da comissão política regional será também decidido se a Madeira avança com um pedido de impugnação no Tribunal Constitucional.

Em causa estão as divergências entre a Madeira e Lisboa sobre o número de militantes daquela região autónoma com condições para votar nas eleições internas do partido, depois de o regulamento interno do partido ter proibido o pagamento das quotas em dinheiro.

Esta alteração, que aconteceu em novembro do ano passado, atribui à Madeira 104 militantes em condições de votar, segundo as contas feitas na sede, mas a secção regional apura 2.500 militantes com as quotas em dia.

A segunda volta das eleições no PSD acontece porque nenhum dos candidatos teve mais de 50% dos votos. Rui Rio e Luís Montenegro disputam a segunda volta.

Comentários ({{ total }})

Madeira boicota segunda volta das eleições no PSD

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião