Apreensão de notas falsificadas aumenta 20%. Notas de 50 euros dominam

Notas de 50 euros são as preferidas dos falsificadores. No segundo semestre foram apreendidas 3.228 notas, uma quebra de 6% face ao primeiros seis meses. Maior subida foi com notas de 200 euros

Durante o segundo semestre de 2019, foram retiradas da circulação, em Portugal, 8.570 notas contrafeitas de euro, revelou esta sexta-feira o Banco de Portugal.

Entre julho e dezembro do ano passado foram apreendidas mais 1.496 do que nos seis meses anteriores, o que representa uma subida de 20%. No entanto, o regulador sublinha que “o número de notas contrafeitas apreendidas continua a ser residual em relação à quantidade de notas em circulação”.

As notas de 50 euros são as preferidas dos falsificadores. De acordo com os dados do regulador, no segundo semestre foram apreendidas 3.228 notas, uma quebra de 6% face às retiradas de circulação no semestre anterior (3.436). Mas, o maior crescimento em termos de apreensões foi ao nível das notas de 200 euros com um crescimento de 404%, num total de 1.469 notas apreendidas.

Número de notas contrafeitas apreendidas em Portugal

 

Fonte: “Counterfeit Monitoring System” em 13 de janeiro de 2020

O Banco de Portugal revela ainda que houve um “incremento no número de contrafações de baixa qualidade apreendidas”, que “podem ser facilmente identificadas utilizando o método “Tocar – Observar – Inclinar””, explica em comunicado do regulador.

“Uma nota contrafeita não pode ser trocada por uma nota genuína”, alerta a instituição liderada por Carlos Costa. “Quem aceitar uma nota contrafeita como se de uma nota autêntica se tratasse não poderá recuperar o seu valor. Por essa razão, os utilizadores devem verificar as notas quando as recebem”, explica o mesmo comunicado.

A nível europeu foram retiradas de circulação 308 mil notas contrafeitas na segunda metade do ano passado (um aumento de 22,7% face ao semestre anterior), sendo que mais de 70% dessas notas era de 20 e 50 euros.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Apreensão de notas falsificadas aumenta 20%. Notas de 50 euros dominam

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião