Banco de Portugal aplica novas coimas a Tomás Correia e ao Montepio

  • ECO
  • 12 Fevereiro 2020

Foi definida uma coima no valor de 400 mil euros ao Banco Montepio, e coimas de 150 mil euros para Tomás Correia e para outro ex-administrador.

O Banco de Portugal lançou uma coima no valor de 400 mil euros ao Banco Montepio, e coimas de 150 mil euros para Tomás Correia e para outro ex-administrador, José Almeida Serra, avança o Observador (acesso livre). Estas são no âmbito do processo que investigou as irregularidades detetadas na Caixa Económica Montepio Geral (CEMG), em 2015.

Esta condenação resulta das conclusões de que o Banco Montepio tinha fragilidades nos sistemas de prevenção de branqueamento de capitais e financiamento do terrorismo, quando Tomás Correia estava na liderança. O Banco e os advogados dos antigos administradores já foram notificados. Entre as infrações detetadas, 12 foram imputadas a Tomás Correia, 12 a José Almeida Serra e 16 à CEMG.

Existe ainda outro processo que incide sobre o Banco Montepio, de acordo com a publicação. O Banco de Portugal estará a negociar com a instituição para ver se este aceita uma coima adicional de 200 mil euros, sendo que, se não aceitar o pagamento, o processo passa para a dedução de uma acusação. Este processo está relacionado com uma obrigação da CEMG e não envolve os administradores.

No ano passado, o Banco de Portugal tinha já condenando o Montepio e oito antigos administradores, incluindo Tomás Correia, ao pagamento de coimas no valor total de 4,9 milhões de euros, mas o Tribunal da Concorrência, Regulação e Supervisão declarou nula a nota de ilicitude. Estava em causa, entre outros, a quebra das regras de controlo interno na gestão da instituição financeira.

(Notícia atualizada às 17h55)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Banco de Portugal aplica novas coimas a Tomás Correia e ao Montepio

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião