Nova baixa na administração do banco Montepio. Carlos Leiria Pinto sai no fim do mês

O vogal executivo da administração do Montepio está a caminho de novas funções noutra empresa, escreve o banco num comunicado enviado à CMVM.

Nova baixa no Conselho de Administração do Montepio. Numa nota enviada à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), o banco anuncia que o administrador Carlos Leiria Pinto renunciou “ao cargo de vogal executivo”, com efeito a partir de 31 de março.

Segundo a nota, Carlos Leiria Pinto estará a caminho de funções numa nova empresa. Tinha entrado no Montepio no início de 2018, vindo do Banco Mundial.

“O Conselho de Administração agradece o trabalho desenvolvido […] no cumprimento das funções exercidas nesta instituição e formula os votos das maiores felicidades no novo desafio profissional que comunicou ir abraçar em breve”, acrescenta a Caixa Económica.

Esta é a segunda baixa no board do Montepio em poucos meses. Luís Guimarães tinha saído no início de setembro, alegadamente em rota de colisão com Carlos Tavares, então presidente e atual chairman, revelou o jornal Público.

A renúncia de Carlos Leiria Pinto acontece no mês em que a associação mutualista que detém o banco deve apresentar as contas referentes a 2019. Ora, como noticiou o ECO, a associação está sob pressão do auditor para rever em baixa o valor do Banco Montepio, de 1.880 milhões para 1.000 milhões de euros.

(Notícia atualizada às 16h19 com mais informações)

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Nova baixa na administração do banco Montepio. Carlos Leiria Pinto sai no fim do mês

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião