Portugal vai emitir até 1.200 milhões de euros em obrigações a cinco e a dez anos

  • ECO
  • 6 Março 2020

Em plena turbulência causada pelo coronavírus, o IGCP quer emitir até 1.200 milhões de euros em dívida a 5 e a 10 anos na próxima quarta-feira.

Portugal volta aos mercados no dia 11 de março, em plena turbulência causada pelo coronavírus nos mercados financeiros globais. O IGCP espera emitir entre 1.000 milhões e 1.250 milhões de euros em dívida a cinco e a dez anos, anunciou a entidade liderada por Cristina Casalinho.

“O IGCP vai realizar no próximo dia 11 de março, pelas 10h30, dois leilões de linhas de Obrigações do Tesouro com maturidade em outubro de 2025 (OT 2,875% 15 de outubro de 2025) e em outubro de 2030 (OT 0,475% 18 de outubro de 2030)”, anunciou o IGCP em comunicado.

Esta emissão acontece numa altura de agitação nos mercados financeiros, por causa da epidemia de coronavírus que teve origem na China. Esta sexta-feira, os juros da dívida pública portuguesa a 5 anos sobem 0,6 pontos base, para -0,076%, enquanto as yields a dez anos recuam 0,3 pontos base, para 0,25%.

A última emissão de longo prazo do IGCP ocorreu a 12 de fevereiro.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Portugal vai emitir até 1.200 milhões de euros em obrigações a cinco e a dez anos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião