Maré vermelha nas bolsas. Lisboa cai 3%

É uma razia na bolsa de Lisboa, que está a desvalorizar cerca de 3%, acompanhando as quedas do resto da Europa. Destaque para o BCP que perde 6%, estando em mínimos de três anos.

A bolsa nacional está pintada de vermelho na última sessão da semana, com as cotadas a registaram perdas entre os 2% e os 6%. O destaque são os títulos do BCP, que estão em mínimos de três anos ao caírem 6%, e ainda os da Galp Energia, que desvalorizam 3%, depois de a OPEP ter anunciado que vai propor um corte de 1,5 milhões de barris por dia na produção de petróleo, consequência dos impactos do coronavírus.

O PSI-20 está a recuar 2,73% para 4.726,78 pontos, já depois de ter perdido mais de 2% na sessão anterior. O principal índice bolsista nacional está em mínimos de agosto do ano passado, mês em que cotou nos 4.718,29 pontos.

A contribuir, especialmente, para este desempenho do índice estão as ações da Galp Energia, que estão a desvalorizar 3,19% para 11,985 euros, caminhando para a terceira sessão consecutiva de perdas. Este desempenho acontece também depois de a OPEP ter anunciado a proposta um corte de 1,5 milhões de barris por dia na produção de matéria-prima.

Consequência deste anúncio é o desempenho do preço do barril de petróleo, que está em forte queda nos mercados internacionais. O barril de Brent, negociado em Londres, está a desvalorizar 4,42% para os 47,78 dólares, mas já esteve a perder quase 6% durante esta manhã. Por sua vez, o WTI, negociado em Texas, está a cair 4,27% para 43,94 dólares.

O BCP, por sua vez, segue a recuar 6,03% para 0,1403 euros, continuando em mínimos de três anos. Esta queda abrupta no valor do banco português acontece numa altura em que os bancos europeus começam a antecipar tempos difíceis para o setor devido ao coronavírus.

Ainda nos pesos pesados, a EDP está a perder 2,31% para 4,477 euros, enquanto a EDP Renováveis desvaloriza 3,19% para 12,74 euros. No retalho, a Jerónimo Martins perde 1,87% para 16,002 euros e a Sonae cai 3,46% para 0,698 euros.

No resto da Europa o sentimento é semelhante, com os principais índices a apresentarem quedas na ordem dos 2%. O índice de referência Stoxx-600 está a perder 3,34% para 368,04 pontos.

(Notícia atualizada às 11h52 com novas cotações)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Maré vermelha nas bolsas. Lisboa cai 3%

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião