QSP Summit adiada para junho por causa do coronavírus

  • ECO
  • 9 Março 2020

A QSP Summit, uma das maiores conferências de gestão e marketing da Europa, foi adiada para junho devido ao surto de coronavírus, anunciou a organização.

É uma das maiores conferências de gestão e marketing da Europa, mas nem isso impediu que fosse, assim como muitas, prejudicada pelo surto de coronavírus. A 14.ª edição do QSP Summit, que iria decorrer a 276 e 27 de março no Porto, foi adiada para 18 e 19 de junho, de forma a “garantir a segurança de todos os oradores e participantes”, anunciou a organização esta segunda-feira.

Lamentando “qualquer inconveniente” e referindo que “a saúde de todos é a prioridade”, a organização da QSP Summit justifica este adiamento com a importância de “garantir a segurança de todos os oradores e participantes, tendo em conta as preocupações globais em relação ao atual surto de coronavírus e a sua evolução em Portugal e no mundo”.

Em comunicado, lê-se que o evento foi reagendado para os dias 18 e 19 de junho, igualmente na Exponor, no Porto, estando a cerimónia de abertura privada marcada para dia 17, no Super Bock Arena — Pavilhão Rosa Mota, “com ainda mais força para encarar o tema” deste ano, “que é agora mais atual que nunca” — “Facing The Unknown“.

A edição deste ano vai contar com a presença de oradores como Vítor Bento, presidente da SIBS, Paula Amorim, do Grupo Amorim, James Hunt, vice-presidente da CNN International Commercial, Phil Robinson, head of data science & insights do Bloomberg Media Group.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

QSP Summit adiada para junho por causa do coronavírus

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião