Montepio “duplica” ordenado dos clientes peranto o vírus. Aumenta limites dos cartões de crédito

O banco vai permitir a duplicação dos plafonds das contas ordenado e permitir a extensão dos limites dos cartões de crédito, no apoio às famílias. Disponibiliza também linha de crédito às empresas.

À semelhança de outros bancos, o Banco Montepio anunciou um conjunto de medidas com vista a “ajudar famílias, empresas e instituições do setor social a minimizar o impacto causado pelo surto da COVID-19”, que pôs o país em estado de emergência. Aumentos dos plafonds nas contas ordenado e do limite dos cartões de crédito destacam-se no apoio às famílias, embora a “ajuda” seja a crédito.

“Depois de ter aderido às linhas lançadas pelo Governo para apoiar as empresas cuja atividade foi impactada pela pandemia de Covid-19, e uma linha de crédito para o setor social, o Banco Montepio lança um pacote de medidas para as famílias e reforça o apoio às empresas”, dá nota o Banco Montepio em comunicado.

O pacote de medidas Emergência Covid-19 contém medidas excecionais, em tempos excecionais, e é lançado para um período de três meses”, acrescenta.

No apoio às famílias, o Montepio vai permitir aos clientes a possibilidade de duplicarem o plafond da conta ordenado, além da condição normal de que dispõem. “Na prática, esta medida permite que o cliente tenha um plafond disponível igual a duas vezes o seu salário”, diz o banco, explicando que para isso, “os clientes devem solicitar este apoio, para aprovação prévia e com garantia de aprovação rápida pela instituição.

A instituição financeira estende ainda o limite do plafond dos cartões de crédito, “por forma a apoiar eventuais necessidades imediatas a que as famílias tenham de atender”.

À utilização destes plafonds no cartão de crédito será aplicada uma taxa de juro bruta de 5% (TAN), podendo o prazo de amortização para o valor em dívida ir até até 18 meses.

Diz ainda que “continuará a adotar todas as medidas necessárias para apoiar as famílias, acompanhando as iniciativas em estudo pelo governo e reguladores, nomeadamente a possibilidade do adiamento das prestações do crédito habitação e do crédito ao consumo”.

Às empresas, o banco diz que vai disponibilizar uma linha de curto prazo, com maturidade até seis meses, “para ajudar as micro, pequenas e médias empresas, a fazer face a dificuldades de tesouraria momentâneas, por forma a poderem continuar a operar sem disrupções”.

(Notícia atualizada a 24 de março, com condições de utilização do plafond adicional do cartão de crédito)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Montepio “duplica” ordenado dos clientes peranto o vírus. Aumenta limites dos cartões de crédito

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião