ERSE. Saiba como poupar 118 euros por ano na fatura da luz e 22 cêntimos por cada litro de combustível

No contexto de estado de emergência em Portugal, o regulador deixa dicas para poupar energia - eletricidade, gás natural ou de botija e ainda combustível.

Depois de ter decidido fixar “condições excecionais” de prestação dos serviços de fornecimento de energia, por causa da pandemia de Covid-19, a Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) veio agora deixar os seus conselhos para que os consumidores possam, mais do que nunca, poupar energia – eletricidade, gás natural ou de botija e ainda combustível.

As anteriores medidas adotadas pelo regulador visam sobretudo evitar interrupções de fornecimento de eletricidade, gás natural e de gases de petróleo liquefeito canalizados, protegendo também os consumidores que por causa da pandemia deixem de conseguir pagar as faturas. Valores em falta vão poder ser pagos em frações.

“No atual contexto em que a maioria das famílias portuguesas se encontra a trabalhar e a estudar a partir de casa, esta informação destina-se também a todos os que, no âmbito do estado de emergência decretado em Portugal, continuam a trabalhar para assegurar o funcionamento das cadeias de abastecimento de bens e serviços públicos essenciais”, explicou a ERSE em comunicado. E acrescentou: “Atendendo a preocupações que têm sido reveladas pelos consumidores, a ERSE continuará a multiplicar este tipo de iniciativas com o objetivo de diminuir as dúvidas e serenar os consumidores, aumentar a capacitação e promover a sua literacia energética”.

Na visão do regulador, os consumidores também têm de fazer a sua parte. “Lembre-se que os serviços de fornecimento de energia são serviços públicos essenciais e que, nas atuais circunstâncias, existem muitas solicitações prioritárias a atender. Evite sobrecarregar os comercializadores e distribuidores com ações que pode fazer mais tarde. Durante este período não haverá lugar a cortes de energia, nem ao pagamento de juros. Se for o caso, peça o pagamento da fatura em prestações“.

Quanto a reclamações, podem e devem continuar a ser feitas, diz o regulador, mas privilegiando o canal online, através do portal Livro de Reclamações. Siga as dicas da ERSE e comece já a poupar energia.

Eletricidade e Gás Natural

  • Use lâmpadas LED e poupe num ano até 8€/lâmpada.
  • Use as máquinas de lavar com a carga completa e num programa de baixa temperatura.
  • Se tiver tarifa bi-horária, escolha os horários de vazio para os consumos maiores de energia.
  • Ao utilizar as máquinas no período noturno poderá poupar 20€/ano (máquina de lavar roupa) e 30€/ano (máquina de lavar loiça).
  • Evite usar a máquina de secar roupa. Aproveite o sol e o vento.
  • Não baixe demais a temperatura do frigorífico e reduza o tempo de abertura da porta.
  • Evite abrir a porta do forno, usando a iluminação interior.
  • Com o tempo quente, baixe a temperatura da água do esquentador.
  • Verifique se a iluminação em cada divisão da casa está sobredimensionada.
  • Desligue algumas lâmpadas.
  • Use tomadas inteligentes, que desligam automaticamente vários equipamentos em vez de os deixar em modo ar em modo stand-by (tv, box, equipamento de som). Pode poupar energia até 60€/ano.
  • Os aparelhos em stand-by continuam a gastar energia, desligue-os totalmente.
  • Ajuste a potência contratada ao número de aparelhos que liga ao mesmo tempo.
  • A leitura do contador comunicada por si tem o mesmo valor que a realizada pela empresa. Evite estimativas.
  • Se a fatura abranger um período maior que o habitual, pode pagar em prestações e sem juros

Total – Poupança mínima: 118€/ano

Combustíveis

  • Estude os descontos.
  • Verifique se os descontos praticados lhe interessam ou o levam a gastar mais dinheiro noutras coisas.
  • Abasteça logo de manhã ou durante os períodos mais frescos. Nessas alturas do dia o combustível está “mais denso” e, como paga ao litro, comprará mais combustível a um menor preço.
  • Encha o depósito ao máximo sempre que possível. Evitará várias deslocações para abastecer.
  • Quando for encher o depósito, não aperte a pistola ao máximo. Pratique modos de enchimento mais lentos e poupará mais dinheiro.
  • Verifique a pressão dos pneus! Mantenha os pneus do carro em bom estado e não se esqueça de encher a roda de socorro ao máximo, respeitando o limite autorizado. Poupança equivalente: de 1 a 5 cêntimos por litro.
  • Conduza com precaução. Uma condução suave poupa combustível e permite economizar. Poupança equivalente: de 15 cêntimos a 60 cêntimos por litro.
  • Observe o limite de velocidade. Por cada 8 km/h que conduz acima dos 80 km/h gasta mais 6 cêntimos por litro. Poupança equivalente (reduzindo
    10 a 20 km/h): de 8 cêntimos a 15 cêntimos por litro.
  • Evite transportar carga no tejadilho. Um grande caixote no tejadilho reduz a economia de combustível. Poupança equivalente: de 3 cêntimos a 26 cêntimos por litro.
  • Não faça da bagageira uma despensa. Retire objetos desnecessários do seu veículo, especialmente os pesados. Poupança equivalente: 2 cêntimos por litro (por cada 45 kg a mais).
  • Em “ponto-morto”, o motor está a consumir. O carro engatado, sem estar em aceleração, não consome. Ajuste as descidas e travagens a este princípio.

Total – Poupança mínima: 22 cêntimos/litro de combustível

GPL (Butano e Propano)

  • Desligue o esquentador quando não precisar de água quente.
  • Desligue o fogão e o forno minutos antes de acabar de cozinhar. O calor acumulado permite terminar a tarefa.
  • Não pendure objetos nas mangueiras ou nos tubos do gás.
  • Evite deixar equipamentos a gás ligados sem vigilância.
  • Se cheirar a gás ou detetar uma fuga, feche rapidamente o redutor e as torneiras do aparelho a gás. Abra portas e janelas!
  • Informe-se antes de sair de casa onde pode encontrar os preços mais baixos na sua zona.
  • Pode comprar uma botija de gás, propano ou butano, na maioria dos postos de abastecimento de combustível.
  • Os donos das botijas de gás (e quem as vende) são obrigados a trocar qualquer botija vazia, independentemente da marca, desde que sejam do mesmo tipo.
  • A troca da botija de gás é feita no ato de compra de uma botija equivalente e não está sujeita a nenhum pagamento ou prestação de caução por parte do consumidor.
  • Fique atento quando mudar de fornecedor. As marcas de gás de botija têm redutores diferentes. Pode precisar de comprar um novo.
  • Evite transportar ao mesmo tempo mais do que duas garrafas de gás, cheias ou vazias, no carro. Se não tiver escolha, garanta o bom acondicionamento e leve as janelas abertas. Não deixe o carro muito tempo ao sol.
  • Não deite as garrafas de gás. Mantenha-as sempre de pé! Não ponha as garrafas de gás junto de fontes de calor.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

ERSE. Saiba como poupar 118 euros por ano na fatura da luz e 22 cêntimos por cada litro de combustível

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião