Plano europeu vai “aumentar as desigualdades na zona euro”, diz ex-vice-governador do BdP

  • ECO
  • 13 Abril 2020

João Costa Pinto diz-se "desapontado" com o acordo alcançado pelo Eurogrupo para responder à atual crise e defende o papel da banca para relançar a atividade económica do país.

O ex-vice-governador do Banco de Portugal (BdP) acredita que a União Europeia falhou no combate ao coronavírus e que, por isso, os países mais endividados vão ter “dificuldades acrescidas” para relançarem as suas atividades económicas. Em entrevista ao Público (acesso pago), João Costa Pinto defende que a banca deveria injetar fundos no tecido produtivo, sem condições, a uma taxa de juro a zero e com moratória sem penalizações.

O também ex-presidente do Grupo Caixa Agrícola diz-se “desapontado”, mas não “surpreendido”, com o acordo alcançado pelo Eurogrupo para fazer face à crise provocado pelo coronavírus. “Uma vez mais, a Europa teve uma intervenção minimalista”, disse, referindo que “a prazo, [este acordo] irá cavar ainda mais o fosso entre as economias devedoras e as credoras”.

João Costa Pinto antecipa que “as economias que já se debatiam com endividamento excessivo”, como Portugal, “vão ter de combater uma situação de gravidade sem precedentes com base em dívida”. E acrescenta que o papel da banca é fundamental. “Não é possível apoiar o tecido produtivo português em tempo útil, sem o apoio imediato da banca nacional”, disse, referindo que “os bancos portugueses (…) devem canalizar para o tecido produtivo a taxa de juro zero”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Plano europeu vai “aumentar as desigualdades na zona euro”, diz ex-vice-governador do BdP

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião