Karma Network está a recrutar. Quer duplicar equipa em Lisboa

A empresa de estratégia digital está a recrutar para as áreas de gestão, programação e engenharia de dados. Tem 15 vagas disponíveis e o objetivo de duplicar a equipa até ao final do ano.

A empresa Karma Network, especialista em estratégia e execução digital, está a recrutar para responder ao aumento da procura de serviços devido à pandemia. Está à procura de profissionais com competências de gestão, programação e engenharia de dados e o objetivo é duplicar a equipa de 15 pessoas até ao final do ano.

O candidato ideal deverá ser “multifacetado, verdadeiramente apaixonado pelo digital e que tenha uma atitude proativa, um mindset orientado para os resultados e a ambição de aprender continuamente“, refere a empresa em comunicado.

“Ao abrangermos uma grande diversidade de perfis na nossa equipa, conseguimos ir além da competição por profissionais de marketing. Acreditamos que esta complementaridade, além de nos distinguir enquanto empresa, permite-nos desenvolver soluções muito mais completas e eficazes: desde a definição de uma estratégia digital alinhada com os objetivos de negócio, à construção de uma camada de inteligência digital, até à escolha dos segmentos e canais digitais a trabalhar”, refere Madalena Cidade, responsável de recursos humanos da Karma Network, citada em comunicado.

A Karma Network tem como missão alavancar a transformação digital das empresas, captando o máximo potencial do digital. Entre os seus clientes estão empresas como a Jerónimo Martins, a EDP, a Eleven Sports ou a NOS.

As candidaturas podem ser submetidas no site oficial.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Karma Network está a recrutar. Quer duplicar equipa em Lisboa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião