Monte da Quinta vira Wyndham Grand. Apartamentos garantem retorno de 3,5%

O grupo hoteleiro Wyndham Grand reabilitou o Monte da Quinta Resort e transformou-o no Wyndham Grand Algarve. São 132 apartamentos e estão à venda a partir de 532 mil euros.

O Wyndham Grand comprou o Monte da Quinta Resort e transformou-o no Wyndham Grand Algarve Residences. Com 132 apartamentos, este empreendimento na Quinta do Lago, no Algarve, é composto por espaços de spa, duas piscinas e campos de desporto. Os apartamentos recentemente reabilitados pelo grupo norte-americano estão à venda com preços a partir de 532 mil euros.

Foi a pensar na procura por apartamentos de luxo nesta zona do Algarve que este grupo hoteleiro, vindo dos Estados Unidos, decidiu apostar cerca de cinco milhões de euros na reabilitação deste empreendimento na Quinta do Lago. O Wyndham Grand Algarve Residences tem 132 apartamentos entre os 79 e os 330 metros quadrados, e conta ainda com um spa, um ginásio, uma piscina exterior e outra interior, um kids club, um campo de golfe e outro de ténis.

Os novos donos destas habitações, que já estão mobiladas e podem ser exploradas para turismo, têm garantidas rentabilidades de 3,5%. Adquirir um destes apartamentos — que estão a ser comercializados pela Sotheby’s — tornará ainda possível usufruir de estadias nos hotéis da marca Wyndham Grand em todo o mundo, para além de várias outras comodidades.

Para o CEO da Portugal Sotheby’s International Realty, estes apartamentos são o “investimento certo”, principalmente nesta altura de pandemia. “Neste caso concreto, quando associamos investimento imobiliário a uma marca sólida e altamente diferenciada, o investimento torna-se quase irresistível”, continua Miguel Poisson, citado em comunicado.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Monte da Quinta vira Wyndham Grand. Apartamentos garantem retorno de 3,5%

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião