UPSkill: programa para combater desemprego com formação tech abre candidaturas

A 1.ª edição do programa UPSkill - Digital Skills & Jobs quer promover o emprego e o talento nas áreas das TIC, através de formação intensiva e possibilidade de contratação no fim da formação.

Já estão abertas as candidaturas da 1.ª edição do UPSkill – Digital Skills & Jobs, um programa de formação profissional na área das tecnologias de informação (TIC), desenvolvido em parceria pela APDC, pelo IEFP e pelo CCISP, para combater o desemprego e a falta de talento nas áreas tecnológicas.

A iniciativa destina-se a pessoas desempregadas com o ensino secundário ou o ensino superior, que pretendam obter qualificações na área das tecnologias digitais, através de uma formação intensiva de seis meses em áreas específicas como programação Java, Phyton, gestão de plataformas cloud ou programação low-code, seguidos de três meses de formação em contexto empresarial, com a possibilidade de contratação.

Durante a formação, os participantes têm direito a uma bolsa equivalente ao salário mínimo nacional. O programa terá início em setembro deste ano e, em março de 2021, os formandos integram os estágios em contexto empresarial. Os participantes serão inseridos em empresas com um salário mínimo de referência de 1.200 euros.

“O envolvimento da rede de institutos superiores politécnicos no programa UPSkill evidencia bem a disponibilidade e a capacidade de formação à medida que existe neste momento, em consequência de uma crescente aproximação às empresas e às suas necessidades em termos de talento. Estamos apostados em reconverter recursos humanos em TIC, através de uma formação intensiva e de qualidade”, sublinha Pedro Dominguinhos, presidente do CCISP, citado em comunicado.

“Este programa evidencia claramente a vontade de as empresas encontrarem novas formas de aumentar a sua competitividade, dando resposta à falta de profissionais qualificados, que é uma realidade crescente, reforçando por esta via a sua força de trabalho e a sua capacidade operacional. A iniciativa contribui, simultaneamente, também para a qualificação de pessoas nas zonas do interior e para a diminuição do número de desempregados, que está de novo a subir, na sequência da pandemia da Covid-19”, acrescenta Rogério Carapuça, presidente da APDC.

O UPSkill resultou de um acordo assinado entre a Associação Portuguesa para o Desenvolvimento das Comunicações, o Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) e o IEFP e o Conselho Coordenador dos Institutos Superiores Politécnicos (CCISP), durante a 3.ª conferência do INCoDe.2030, realizada em março deste ano e foi reconhecido como pelo Governo no Plano de Ação para a Transição Digital de Portugal. A parceria conta ainda, em Lisboa, com a Universidade Nova de Lisboa e com o ISCTE.

Os candidatos devem ter o 12.º ano concluído e domínio da língua inglesa. As candidaturas podem ser submetidas no site oficial do programa.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

UPSkill: programa para combater desemprego com formação tech abre candidaturas

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião