Book in Loop vai reutilizar livros escolares também em Espanha

Startup fundada no Instituto Pedro Nunes fechou parceria com a rede de correios espanhola. Na primeira semana de atividade, registou mais de 17 mil visitas à plataforma de economia circular.

O projeto português de economia circular que permite a reutilização de manuais escolares, Book in Loop, arrancou a operação em Espanha, anuncia a startup em comunicado.

O projeto fundado em Coimbra, na incubadora Instituto Pedro Nunes, fechou uma parceria com a rede de correios espanhola para entrar em todo o território. Na primeira semana, informa a empresa em comunicado, a plataforma registou mais de 17 mil visitas, mais de 850 vendas e 700 reservas.

“Cedo percebemos que a problemática dos manuais escolares era idêntica em Portugal e Espanha: os livros são caros, são trocados com alguma frequência e as opções de reutilização são limitadas localmente. Pelas semelhanças entre os dois mercados, sempre foi um objetivo da The Loop Co. expandir a ação da Book in Loop para o país vizinho”, explica Ricardo Morgado, cofundador da The Loop Co., citado em comunicado.

Desde 2016, a Book in Loop deu “nova vida” a mais de 300 mil livros em Portugal. Este ano, a empresa quer atingir a meta dos 50 mil livros trocados, uma poupança de cerca de 600 a 750 mil euros para as famílias portuguesas.

A entrada no mercado espanhol, através das mais de 1.000 lojas da rede Corréos, é o primeiro passo na internacionalização do projeto português, envolvido também nas áreas da inovação social e tecnológica.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Book in Loop vai reutilizar livros escolares também em Espanha

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião