OMS admite que pode nunca vir a existir uma “panaceia” contra a Covid-19

  • Lusa
  • 3 Agosto 2020

"Não há nenhuma 'panaceia' e talvez não exista nunca", afirmou o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, sobre a pandemia de coronavírus.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) alertou esta segunda-feira que talvez nunca venha a existir “uma panaceia” contra a pandemia de coronavírus, apesar das investigações em curso que procuram conseguir uma vacina contra a doença.

“Não há nenhuma ‘panaceia’ e talvez não exista nunca”, declarou hoje o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, numa conferência de imprensa online.

A pandemia de coronavírus já provocou mais de 685 mil mortos e infetou mais de 18 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 1.738 pessoas das 51.463 confirmadas como infetadas, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde. A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China. Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

Concluída missão preparatória sobre origem do vírus

Também esta segunda-feira foi revelado que a missão da OMS na China concluiu o trabalho preparatório da investigação sobre a origem do SARS CoV-2, anunciou a agência da ONU para a saúde.

“A equipa avançada da OMS que foi enviada à China acabou de concluir a missão que consistiu em lançar as bases para esforços conjuntos para identificar o vírus”, disse o diretor-geral da organização, Tedros Adhanom Ghebreyesus.

O diretor-geral acrescentou que os “estudos epidemiológicos vão começar em Whuan (República Popular da China) para identificar a fonte potencial de infeção dos primeiros casos” detetados.

(Notícia atualizada pela última vez às 13h49)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

OMS admite que pode nunca vir a existir uma “panaceia” contra a Covid-19

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião