Aida Chamiça é a primeira portuguesa certificada como coach supervisor pela EMCC

Certificada pela European Mentoring and Coaching Council, vai garantir que os coaches seguem as tendências e estão em permanente desenvolvimento, valorizando a profissão de coaching em Portugal.

Aida Chamiça é a primeira portuguesa certificada como coach supervisor pela entidade europeia European Mentoring and Coaching Council (EMCC),a entidade com níveis mais exigentes e elevados na certificação em coaching supervision, a nível mundial. Com esta certificação, estará na linha da frente do acompanhamento dos coaches, a nível nacional e internacional, dando resposta a uma tendência global por parte de quem contrata estes serviços.

“Este é um contributo para o avanço da profissão de coaching em Portugal, para a relevância dos clientes perguntarem aos coaches, não só quais são as suas qualificações, a sua credenciação, mas também o compromisso que eles têm com o seu desenvolvimento contínuo e com a reflexão sobre a sua prática, como prática da qualidade dos seus serviços”, explica à Pessoas, Aida Chamiça.

 

 

“O meu posicionamento é estar sempre na frente em termos de tendências, e esta é a tendência a nível mundial: os clientes perguntarem se os coaches estão em supervisão, e com quem. Tenho consciência que tenho um papel na consciencialização de que, ao contratarem serviços, quais são as perguntas que os clientes podem fazer aos coaches“, acrescenta Aida Chamiça.

Em 2012, Aida Chamiça foi também a primeira portuguesa credenciada em MCC (Master Certified Coach) pela International Coach Federation (ICF) e, nos últimos anos, tem desempenhado funções de coaching supervision.

Atualmente, a sua atividade principal é o coaching executivo para gestores de topo, por isso adianta que coaching supervision é limitado: um máximo de um grupo de quatro coaches e dois programas de coaching supervision individuais em simultâneo.

O jornalismo continua por aqui. Contribua

Sem informação não há economia. É o acesso às notícias que permite a decisão informada dos agentes económicos, das empresas, das famílias, dos particulares. E isso só pode ser garantido com uma comunicação social independente e que escrutina as decisões dos poderes. De todos os poderes, o político, o económico, o social, o Governo, a administração pública, os reguladores, as empresas, e os poderes que se escondem e têm também muita influência no que se decide.

O país vai entrar outra vez num confinamento geral que pode significar menos informação, mais opacidade, menos transparência, tudo debaixo do argumento do estado de emergência e da pandemia. Mas ao mesmo tempo é o momento em que os decisores precisam de fazer escolhas num quadro de incerteza.

Aqui, no ECO, vamos continuar 'desconfinados'. Com todos os cuidados, claro, mas a cumprir a nossa função, e missão. A informar os empresários e gestores, os micro-empresários, os gerentes e trabalhadores independentes, os trabalhadores do setor privado e os funcionários públicos, os estudantes e empreendedores. A informar todos os que são nossos leitores e os que ainda não são. Mas vão ser.

Em breve, o ECO vai avançar com uma campanha de subscrições Premium, para aceder a todas as notícias, opinião, entrevistas, reportagens, especiais e as newsletters disponíveis apenas para assinantes. Queremos contar consigo como assinante, é também um apoio ao jornalismo económico independente.

Queremos viver do investimento dos nossos leitores, não de subsídios do Estado. Enquanto não tem a possibilidade de assinar o ECO, faça a sua contribuição.

De que forma pode contribuir? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

Obrigado,

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Aida Chamiça é a primeira portuguesa certificada como coach supervisor pela EMCC

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião