Ganhos da banca espanhola sob pressão com pandemia, alerta DBRS

A agência DBRS admite que as medidas como moratórias têm ajudado a abrandar a deterioração da qualidade dos ativos dos bancos espanhóis.

A pandemia está a começar a afetar a qualidade dos ativos dos bancos espanhóis e a colocar pressão sobre os ganhos das instituições financeiras. O alerta é da agência de notação financeira DBRS Morningstar, que admite ainda assim que as medidas aplicadas ajudam a travar estes efeitos, por agora. Por outro lado, o crescimento nos créditos e depósitos é visto como positivo.

Apesar de se começar a notar uma deterioração da qualidade dos ativos, as medidas extraordinárias definidas pelo Governo e pela banca em resposta à crise decorrente da pandemia, como a moratória nos créditos e as garantias do Estado, contribuem para abrandar, por enquanto, esta queda, sinaliza a DBRS, numa nota de comentário.

Para fazer face à possível queda na qualidade dos ativos, as provisões vão-se acumulando, e a agência de rating prevê mesmo que continuem a ser constituídas ainda mais provisões para perdas com créditos nos próximos trimestres.

A agência destaca dois bancos presentes em Portugal, o Santander e o BBVA, que registaram perdas de 10,8 mil milhões e 1,2 mil milhões, respetivamente. Em ambos os casos, as perdas foram causadas por imparidades de goodwill em subsidiárias internacionais, refletindo expectativas mais baixas de desempenho nos próximos anos, principalmente como resultado da crise de Covid-19.

No entanto, DBRS salienta que os grandes bancos espanhóis registaram um forte crescimento nos créditos e depósitos durante os dois primeiros trimestres deste ano, algo que “mostra que o canal de empréstimos está a funcionar bem, o que é crucial limitar os efeitos negativos do choque económico”.

Crescimento dos depósitos e créditos nos bancos espanhóis (apenas relativo às operações espanholas).DBRS Morningstar

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Ganhos da banca espanhola sob pressão com pandemia, alerta DBRS

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião