Custos de construção de habitação nova aumentam 1,1% em junho

  • Lusa
  • 7 Agosto 2020

Em junho, os custos de construção de edifícios residenciais aumentaram 1,1%, face a igual mês do ano passado, enquanto o custo da mão-de-obra cresceu 1,8%, revelou o INE.

Os custos de construção de edifícios residenciais aumentou 1,1% em junho, face a igual mês do ano passado, e o custo da mão-de-obra 1,8%, revelam dados do Instituto Nacional de Estatística (INE).

Em junho, os preços dos materiais aumentaram 0,6%, face ao mesmo mês de 2019, acima do aumento homólogo de 0,5% em maio, e também a subida de 1,8% do custo da mão-de-obra em junho foi superior à subida homóloga de 1% em maio.

Face a maio, o índice de custos de construção de habitação nova subiu 0,6% em junho, o custo dos materiais registou uma descida de 0,3% e o custo da mão-de-obra aumentou 1,9%.

Produção na construção diminuiu 8,5% em junho

Também esta sexta-feira, o INE revelou que o índice de produção na construção diminuiu 8,5% em junho, mantendo-se face ao mês anterior.

Segundo o INE, “o índice de produção na construção [média móvel de três meses ajustada de efeitos de calendário e sazonalidade] manteve, em junho, uma redução de 8,5%, idêntica à observada em maio”.

O segmento da construção de edifícios, que tinha registado uma queda de 8,4% em maio, apresentou uma quebra de 8,3% no mês de junho, enquanto o de engenharia civil apresentou uma contração de 8,8%, depois de ter caído 8,7% no mês anterior.

Já os índices de emprego e de remunerações apresentaram em junho quedas homólogas de 1,6% e 2,6%, pela mesma ordem, contra descidas de 2,4% e 4,6% em maio, respetivamente.

Em relação a maio, estes índices aumentaram 0,7% e 13,8%, respetivamente, que comparam com uma queda de 0,1% e um aumento de 10% em junho do ano passado, pela mesma ordem.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Custos de construção de habitação nova aumentam 1,1% em junho

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião