Mais três mortes e 121 novos casos de Covid, apenas 36% em Lisboa

A DGS registou mais três mortes e 121 novos casos de Covid-19. A maioria dos novos casos não se registou na região de Lisboa, que contribuiu com apenas 36%, mas sim no Norte do país.

As autoridades de saúde encontraram 121 novos casos de Covid-19 em Portugal, um crescimento diário de 0,22% que representa um abrandamento face aos números deste sábado. Apenas 36% dos novos casos localizam-se na região de Lisboa e Vale do Tejo, algo que não acontecia desde abril, e a maioria dos novos casos é agora observada no Norte.

O total de casos registados subiu para 54.102, segundo a última atualização da Direção-Geral da Saúde (DGS). Morreram mais três pessoas, elevando para 1.778 o número total de mortes já provocadas pela doença. Um total de 39.697 pessoas já foram dadas como recuperadas da infeção pelo novo coronavírus.

Boletim epidemiológico de 16 de agosto:

Maioria dos novos casos é agora no Norte

Este sábado ficou marcado por ser o primeiro dia em quatro meses em que a maioria dos novos casos não se registaram na região de Lisboa e Vale do Tejo. Este domingo, a tendência acentua-se, com a área da capital a contribuir com menos de 36% dos novos casos de infeção pelo novo coronavírus registados em Portugal.

Assim, a região Norte, ao contrário do que tem acontecido nos últimos meses, ultrapassou a região de Lisboa e Vale do Tejo no número de casos novos, registando 54 das 121 infeções, num total de 19.473 casos já contabilizados desde março. A região de Lisboa e Vale do Tejo regista mais 43 casos de infeção do que no sábado, com um total de 27.931 casos confirmados.

No resto de Portugal continental, o Centro regista 4.585 casos e 253 mortes, o Alentejo regista 823 casos e 22 mortes e o Algarve regista 975 casos e 17 mortes. Nas regiões autónomas, Açores já registou 185 casos e 15 mortes e a Madeira registou 130 casos e nenhuma morte provocada pela doença.

Quanto à caracterização clínica dos casos confirmados, 325 pessoas estão internadas em enfermaria geral e 39 estão em unidades de cuidados intensivos. Este último número representa a quantidade de casos mais graves e que inspiram maiores cuidados médicos.

Desde 1 de janeiro que a DGS já registou 468.937 casos suspeitos, mas 413.609 acabaram por não se confirmar. Atualmente, 1.226 pessoas aguardam resultado laboratorial e 35.742 estão sob vigilância ativa das autoridades de saúde, por terem estado perto de outras pessoas entretanto diagnosticadas com a doença.

(Notícia atualizada pela última vez às 16h29)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Mais três mortes e 121 novos casos de Covid, apenas 36% em Lisboa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião