EUA apertam restrições a fornecimentos à Huawei

O Departamento do Comércio dos EUA apertou as restrições nos fornecimentos de tecnologia à Huawei, em mais uma escalada nas tensões comerciais sino-americanas.

O Departamento do Comércio dos EUA anunciou novas e apertadas restrições ao fornecimento de componentes tecnológicos à gigante chinesa Huawei. Mediante esta medida, a empresa fica impedida de adquirir processadores fabricados noutros países mas que usem tecnologia norte-americana.

As autoridades norte-americanas foram ainda mais longe e somaram 38 subsidiárias da Huawei em 21 países à chamada “lista de entidades”. Esta lista negra de facto inclui companhias para as quais as empresas dos EUA ficam impedidas de exportar tecnologia sem uma licença do Departamento do Comércio.

Entre as 38 empresas da Huawei não surge nenhuma subsidiária portuguesa. Contudo, inclui diversas unidades da Huawei na Europa, incluindo na Holanda, em França e na Alemanha, entre muitas outras jurisdições.

“A Huawei e as suas afiliadas têm alargado os esforços para obter semicondutores avançados desenvolvidos ou produzidos a partir de software ou tecnologia dos EUA de forma a ir ao encontro dos objetivos do Partido Comunista Chinês”, justificou o secretário do Comércio, Wilbur Ross.

Apoie o jornalismo económico independente. Contribua

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso. O acesso às notícias do ECO é (ainda) livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo rigoroso e credível, mas não só. É continuar a informar apesar do confinamento, é continuar a escrutinar as decisões políticas quando tudo parece descontrolado.

Introduza um valor

Valor mínimo 5€. Após confirmação será gerada uma referência Multibanco.

Comentários ({{ total }})

EUA apertam restrições a fornecimentos à Huawei

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião