Ryanair quer travar apoio do Estado à TAP

  • ECO
  • 27 Agosto 2020

Caso a companhia irlandesa veja validado o seu pedido, a TAP terá de de devolver o dinheiro que tiver recebido, de um total de 1.200 milhões de euros.

A Ryanair está a tentar anular o apoio estatal de 1.200 milhões de euros à TAP aprovado pela Comissão Europeia, diz o Público (acesso pago). Para isso, a companhia aérea irlandesa apresentou recurso da decisão junto do Tribunal de Justiça da União Europeia (TJUE), mas a decisão vai demorar alguns meses.

Este processo deu entrada no dia 22 de julho junto do tribunal geral. Irá agora ser avaliado o recurso apresentado pela low cost irlandesa, devendo o resultado final desta ação ser conhecido “dentro de oito a dez meses”, segundo a responsável pelos assuntos legais da companhia aérea irlandesa, Juliusz Komorek.

A empresa argumenta em tribunal que há “quebra do princípio de não-discriminação”, ao apoiar-se apenas a TAP com os 1.200 milhões “quando todas as companhias [presentes no mercado] contribuem para a conectividade aérea e para o desenvolvimento do turismo”. Caso a companhia veja validado o seu pedido, a TAP terá de de devolver o dinheiro que tiver recebido até lá.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Ryanair quer travar apoio do Estado à TAP

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião