EDP quer mais clientes com energia verde. Vai dar um carro elétrico

A empresa lançou um programa que premeia as boas práticas ambientais e sociais dos portugueses. "Planeta Zero" vai dar prémios, entre eles um carro elétrico.

O desafio está lançado: quanto mais amigos do ambiente forem, mais ofertas e prémios os clientes de eletricidade da EDP Comercial se habilitam a ganhar. No final do ano, os campeões da sustentabilidade podem participar no sorteio de um carro elétrico. Com vista à mudança de comportamentos dos consumidores, a empresa acaba de lançar um programa que premeia as boas práticas ambientais e sociais dos portugueses – o Planeta Zero.

“O novo programa de sustentabilidade procura endereçar as preocupações crescentes dos portugueses, informando-os e desafiando-os a criar um futuro mais verde. Esta iniciativa faz parte de uma nova forma de estar e de falar com a Geração Zero, para que juntos consigamos poupar o mundo”, afirma Vera Pinto Pereira, presidente da EDP Comercial.

Para aceder ao programa, os clientes da EDP Comercial podem instalar a nova app EDP Zero ou utilizar o site da EDP Comercial. Com a adesão, serão “desafiados, através de dicas e práticas a adotar, a mudar os seus comportamentos, em prol da descarbonização da sociedade”, refere a empresa em comunicado.

Quanto mais ecológicos e eficiente forem — a começar por uma maior eficiência no consumo de energia nas suas casas, até à participação em iniciativas de limpeza de praias ou ações de reflorestação — mais pontos acumulam e, tal como num jogo, atingem “novos patamares de sustentabilidade e ganham acesso a mais ofertas, descontos e experiências”, tais como masterclasses sobre como reduzir o desperdício na cozinha, alimentação sustentável ou a possibilidade de participar no sorteio de um carro elétrico, no final do ano.

“O Planeta Zero surge num contexto em que os consumidores estão cada vez mais preocupados com a degradação ambiental e procuram soluções e novas formas de poupar e nasce da necessidade de apoiar a criação de um movimento que precisa de todos e que começa na mudança de comportamentos individuais”, diz a EDP Comercial em comunicado. O EDP Zero agregará também serviços que até agora estavam disponíveis no edponline – como o acesso a faturas da EDP Comercial, o envio de leituras e a realização de pagamentos.

Ajudar à descarbonização

Apesar de estar a perder quota de mercado há mais de um ano, a EDP Comercial mantém ainda uma carteira de clientes no mercado liberalizado de eletricidade de mais de quatro milhões de famílias em Portugal. A empresa garante que tem vindo a “desenvolver ofertas de energia e serviços que têm um papel fundamental na descarbonização da economia e são um contributo essencial para a sustentabilidade do planeta”.

A empresa disponibiliza vários tarifários de eletricidade verde, produzida a partir de energias renováveis, assim como soluções de energia solar para autoconsumo. No último ano, lançou também os Packs Living EDP em que, para além de consumirem eletricidade verde, os clientes pagam um valor extra mensal na fatura que abrange um serviço de assistência técnica, plano de saúde, entre outros serviços.

A empresa assumiu até ao final da década uma meta de 90% de produção renovável e a redução de 90% das emissões de CO2, quando comparado com 2005. O grupo faz parte do Dow Jones Sustainability Index há 13 anos consecutivos e, no último ano, foi classificado como número um do mundo entre as utilities integradas.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

EDP quer mais clientes com energia verde. Vai dar um carro elétrico

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião