CMS Rui Pena & Arnaut lança Programa de Mentoring para estagiários

A CMS RPA acaba lançar o programa de mentoring com a integração de novos estagiários das áreas de Energia e Alterações Climáticas, TMC-Tecnologia, Media & Comunicação, Trabalho , Societário e Fiscal.

A CMS Rui Pena & Arnaut acaba lançar o programa de mentoring com a integração de um grupo de novos estagiários que estão já a trabalhar nas áreas de Energia e Alterações Climáticas, Direito Societário, TMC-Tecnologia, Media & Comunicação, Direito do Trabalho e Fiscal. Carlota Januário, Catarina Pinto Santos, Francisca Cruz, Francisco Verdelho, Manuel Branco, Manuel Gonçalves e Rui Tomaz foram integrados nas várias áreas da sociedade (na foto).

Assim, a CMS Rui Pena & Arnaut acaba de implementar o programa de mentoring, “sendo mais uma ferramenta de aposta na nova geração de advogados, focada não só no desenvolvimento pessoal e de carreira dos novos advogados, como também para uma melhor aculturação aos valores do escritório” segundo comunicado do escritório. “A CMS Rui Pena & Arnaut é reconhecida por apostar, desenvolver e colocar em prática um plano de carreira completo – onde os hard skills são necessários e os soft skills são fundamentais – transversal a todas as áreas, promovendo desde o início o contacto e colaboração direta entre estagiários, associados e sócios, envolvendo todos em matérias de grande complexidade e relevância, assegurando os elevados padrões de exigência dos clientes que operam num mundo em constante transformação”.

Sobre a entrada dos novos estagiários, José Luís Arnaut, Managing Partner, diz: “estamos muito contentes por integrar estes jovens talentos, que introduzem sempre uma nova dinâmica na sociedade. Desejamos lhes as maiores felicidades, que se tornem advogados extraordinários e aproveitem em pleno a experiência CMS.”

A CMS Rui Pena & Arnaut conta agora com um total de 20 sócios, 66 associados e 17 estagiários.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

CMS Rui Pena & Arnaut lança Programa de Mentoring para estagiários

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião