CMS Rui Pena & Arnaut promove Prémio Rui Pena – Direito da Energia

O prémio tem como objetivo principal promover a investigação e o estudo na área do direito da energia, nos setores da eletricidade, gás, petróleo, energias renováveis, como na sua regulação.

A sociedade de advogados CMS Rui Pena & Arnaut lança, em parceria com o ECO/Advocatus, o Prémio Rui Pena – Direito da Energia.

Criado em 2018, o prémio tem como objetivo principal promover a investigação e o estudo na área do direito da energia, tanto nos setores da eletricidade, gás, petróleo, energias renováveis, como nas questões relacionadas com regulação.

O Prémio Rui Pena – Direito da Energia consiste na atribuição de uma bolsa ou de um estágio internacional através da distinção dos melhores trabalhos jurídicos nessas áreas, desenvolvidos pelos alunos dos cursos de licenciatura, mestrados, doutoramentos e cursos de pós-graduação.

“Esta é uma iniciativa muito especial da sociedade, não só por prestar homenagem ao seu fundador, mas também por apostar numa área de grande importância jurídica e empresarial, tanto da perspetiva nacional, como internacional. Desde a sua criação que a adesão tem sido bastante elevada e estimamos que assim continue. Podermos contribuir, junto dos alunos, para o despertar do interesse por uma área tão rica como a Energia é algo de que nos orgulhamos muito”, nota Mónica Carneiro Pacheco, sócia da CMS.

As candidaturas podem ser entregues até ao dia 30 de junho de 2020 e serão avaliadas por um júri constituído por Mónica Carneiro Pacheco, Carla Amado Gomes e Vítor Santos. O vencedor do Prémio Rui Pena – Direito da Energia será conhecido e distinguido numa cerimónia pública em setembro de 2020.

Para mais informações e consulta do regulamento, clique aqui.

Contribua. A sua contribuição faz a diferença

Precisamos de si, caro leitor, e nunca precisamos tanto como hoje para cumprir a nossa missão. Que nos visite. Que leia as nossas notícias, que partilhe e comente, que sugira, que critique quando for caso disso. A contribuição dos leitores é essencial para preservar o maior dos valores, a independência, sem a qual não existe jornalismo livre, que escrutine, que informe, que seja útil.

A queda abrupta das receitas de publicidade por causa da pandemia do novo coronavírus e das suas consequências económicas torna a nossa capacidade de investimento em jornalismo de qualidade ainda mais exigente.

É por isso que vamos precisar também de si, caro leitor, para garantir que o ECO é económica e financeiramente sustentável e independente, condições para continuar a fazer jornalismo rigoroso, credível, útil à sua decisão.

De que forma? Contribua, e integre a Comunidade ECO. A sua contribuição faz a diferença,

Ao contribuir, está a apoiar o ECO e o jornalismo económico.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

CMS Rui Pena & Arnaut promove Prémio Rui Pena – Direito da Energia

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião