Miranda Alliance cria nova sociedade em Cabo Verde

Costa, Cunha, Gonçalves & Associados é a nova firma a integrar a Miranda Alliance. António Gonçalves, Tiago Costa e Vânia Cunha são os sócios fundadores.

A Miranda Alliance criou uma nova sociedade de advogados, a Costa, Cunha, Gonçalves & Associados (CCG), em Cabo Verde. A nova firma é resultado de uma fusão dos escritórios cabo-verdianos que a integravam: CV Lexis e a Costa, Cunha & Associados.

A expansão efetuou-se após a sociedade de advogados Miranda & Associados integrar um grupo de advogados liderados pelo sócio Luís Borges Rodrigues, no final de 2019. A CCG passa assim a ser o novo membro da Miranda Alliance em Cabo Verde, país onde marca presença há mais de 16 anos.

“É uma firma criada a partir de uma visão comum: a prestação de serviços jurídicos de excelência com foco nos interesses do cliente a nível local e internacional. Passa a ser a única sociedade de advogados com presença permanente em quatro ilhas cabo-verdianas: Santiago, Sal, São Vicente e Boa Vista”, nota a sociedade em comunicado.

A CCG conta com uma equipa de sete advogados, respetivamente os sócios António Gonçalves, Tiago Costa, e Vânia Cunha, e os associados Denise Lopes, Elvis Fortes, Maria Rodrigues e Valdir Alves. A nova sociedade contará ainda com o apoio da equipa da Miranda dedicada a Cabo Verde, em particular da sócia Mafalda Oliveira Monteiro e da associada coordenadora Sofia Coelho Pereira.

Esta equipa é reconhecida pela assessoria a empresas envolvidas nos setores imobiliário e do turismo, bancário, seguros, energia, comércio e transportes.

“É com muito entusiasmo que a Miranda Alliance apoia a criação da CCG. Apesar de se tratar de uma nova firma, com redobrada energia e foco no mercado, mantém e reforça a equipa que vem assegurando a qualidade dos serviços prestados pela Miranda Alliance a clientes com investimentos no país nos últimos 16 anos”, refere Diogo Xavier da Cunha, presidente do conselho de administração da Miranda & Associados.

Para o advogado a consolidação dos escritórios integrantes da Miranda Alliance numa só firma é um “passo inovador, ímpar e de forte afirmação do compromisso” da aliança com Cabo Verde. “Conseguir ter presença efetiva nas principais ilhas (Santiago (Praia), Sal, Boavista e São Vicente é algo que muito nos orgulha e que motiva fortemente os nossos colegas da CCG. Estamos certos que terão muito sucesso”, conclui.

Contribua. A sua contribuição faz a diferença

Precisamos de si, caro leitor, e nunca precisamos tanto como hoje para cumprir a nossa missão. Que nos visite. Que leia as nossas notícias, que partilhe e comente, que sugira, que critique quando for caso disso. A contribuição dos leitores é essencial para preservar o maior dos valores, a independência, sem a qual não existe jornalismo livre, que escrutine, que informe, que seja útil.

A queda abrupta das receitas de publicidade por causa da pandemia do novo coronavírus e das suas consequências económicas torna a nossa capacidade de investimento em jornalismo de qualidade ainda mais exigente.

É por isso que vamos precisar também de si, caro leitor, para garantir que o ECO é económica e financeiramente sustentável e independente, condições para continuar a fazer jornalismo rigoroso, credível, útil à sua decisão.

De que forma? Contribua, e integre a Comunidade ECO. A sua contribuição faz a diferença,

Ao contribuir, está a apoiar o ECO e o jornalismo económico.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Miranda Alliance cria nova sociedade em Cabo Verde

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião