Em dois meses, 915 antigos precários do Estado inscreveram-se na ADSE

O período extraordinário para os ex-precários do Estado se inscreverem na ADSE arrancou no início de julho e estende-se até ao final do ano.

Depois de ter aberto, em julho, o período extraordinário de inscrição na ADSE para os trabalhadores que constituíram novo vínculo de emprego público no âmbito do Programa de Regularização Extraordinária dos Vínculos Precários na Administração Pública (PREVPAP), já 915 pediram para aderir ao subsistema de saúde.

O número é avançado pelo Conselho Geral e de Supervisão (CGS) da ADSE, num relatório sobre as exposições que os beneficiários enviaram ao órgão. O CGS nota que a abertura deste período respondeu “positivamente” a uma proposta sua, sendo algo que já vinham a reivindicar há algum tempo.

Alguns dos precários integrados no Estado viam-se impedidos de aderir à ADSE, devido ao prazo estabelecido para inscrição, que é de de seis meses a contar a partir do início da relação laboral com o Estado. A ministra Alexandra Leitão anunciou a abertura do período excecional a 8 de julho, que se estende por quase seis meses, até ao final do ano.

Inscreveram-se até ao momento 915 Beneficiários Titulares, esperando que muitos mais se venham a inscrever até 31 de dezembro”, acrescenta o CGS. O presidente do conselho consultivo, João Proença, apontou ao ECO em julho que a medida terá um impacto “positivo” para a sustentabilidade do subsistema, vindo também “rejuvenescer” a base de beneficiários.

Apoie o jornalismo económico independente. Contribua

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso. O acesso às notícias do ECO é (ainda) livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo rigoroso e credível, mas não só. É continuar a informar apesar do confinamento, é continuar a escrutinar as decisões políticas quando tudo parece descontrolado.

Introduza um valor

Valor mínimo 5€. Após confirmação será gerada uma referência Multibanco.

Comentários ({{ total }})

Em dois meses, 915 antigos precários do Estado inscreveram-se na ADSE

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião