Banca pressionada a socorrer Fundo de Resolução

  • ECO
  • 16 Setembro 2020

A constituição de um sindicato bancário para financiar é uma hipótese que estará a ser avaliada para financiar o Novo Banco.

Face à recusa dos partidos de esquerda em viabilizar um Orçamento do Estado com mais dinheiro para o Novo Banco, estará a ser procurada uma solução alternativa de financiamento que poderá passar pela constituição de um sindicato de bancos nacionais, avança o Jornal de Negócios (acesso pago) esta quarta-feira.

De acordo com aquele jornal, essa possibilidade estará a ser avaliada pelas principais autoridades envolvidas, nomeadamente Governo, bancos, Fundo de Resolução (FdR), auditores e o Banco de Portugal (BdP). A confirmar-se, será o reeditar de uma solução que já foi acionada anteriormente, em 2014, que será mais viável do que o recurso ao financiamento direto do FdR no mercado internacional.

Mas recorrer ao sindicato bancário também não será uma opção simples. “Não haverá nenhumas condições para os bancos concederem empréstimos se tiverem de registar as provisões à cabeça”, assegurou uma fonte do mercado aquele jornal.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Banca pressionada a socorrer Fundo de Resolução

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião