Direto Centeno alerta para risco de não ser cumprido acordo da venda do Novo Banco

Pela primeira vez, o novo governador do Banco de Portugal apresentou ao país as novas previsões do banco central.

O novo governador do Banco de Portugal, Mário Centeno, apresentou esta terça-feira as novas previsões para a economia portuguesa que constam do boletim económico de outubro: o PIB vai cair 8,1% em 2020 e a taxa de desemprego irá subir para os 7,5%. Esta foi a primeira vez em que o boletim teve a apresentação de Centeno, ex-ministro das Finanças.

Além das novas previsões, o boletim tem também uma análise detalhada da evolução da economia em 2020 e análises ao impacto da crise pandémica. Em junho, no último boletim, o Banco de Portugal previa uma contração da economia de 9,5% em 2020 e um crescimento de 5,2% em 2021 e de 3,8% em 2022. A taxa de desemprego iria subir para os 10,1% em 2020, descendo para os 8,9% em 2021 e para os 7,6% em 2022. Não havia previsões para o défice ou a dívida pública.

Leia os destaques da conferência de imprensa:

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Centeno alerta para risco de não ser cumprido acordo da venda do Novo Banco

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião