Pedro Nuno Santos responde a Rui Moreira: “Nunca disse que as únicas rotas que dão prejuízo à TAP” são as do Porto

O ministro das Infraestruturas reagiu aos ataques de Rui Moreira. Pedro Nuno Santos diz ao autarca que "nunca disse que as únicas rotas que dão prejuízo à TAP" são as do Porto.

Pedro Nuno Santos disse esta quinta-feira numa audição no Parlamento que quatro das rotas da TAP no Porto estão a dar prejuízo. A declaração foi mal recebida no Porto com o presidente da câmara, Rui Moreira, a reagir no Facebook de forma irónica, sugerindo à empresa que pare com as rotas. A reação não tardou: em comunicado, o ministro das Infraestruturas garante que “nunca disse que as únicas rotas que dão prejuízo à TAP” são as do Porto.

Foi aliás referido nessa mesma audição que a TAP está neste momento a perder dinheiro em praticamente todas as rotas, incluindo aquelas que se fazem a partir do Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa“, explica o Ministério das Infraestruturas e da Habitação em comunicado enviado esta sexta-feira ao final da tarde, assinalando que “esse é, como é visível, o cenário em praticamente todo o setor da aviação”.

A referência às quatro rotas do Porto com prejuízos — Amesterdão, Zurique, Milão e Ponta Delgada — deveu-se a uma pergunta relativa às rotas que foram introduzidas “após as reuniões do grupo de trabalho que existiu entre a TAP e as associações da região Norte”. “É importante sublinhar que nas rotas assinaladas a lotação não atinge os 50%, o que não permite sequer pagar os custos variáveis da operação“, nota o governante socialista.

O ministro aproveita o comunicado para dar destaque à manutenção das 10 rotas no Porto no Inverno, face às 11 que estavam a ser operadas no Verão, “apesar de praticamente todas as companhias estarem a reduzir fortemente a operação no Inverno”. “Isto demonstra o grande compromisso da companhia aérea pública com a região“, argumenta.

O Ministério concluiu a explicação com uma referência ao plano de reestruturação da TAP que se encontra a ser elaborado. Tal como referido na audição, a aposta na TAP Express (Portugália) será um dos instrumentos para a transportadora aérea “aproveitar melhor os aeroportos de Porto e Faro”.

Esta sexta-feira Rui Moreira fez uma publicação no Facebook intitulada “As boas notícias da TAP” onde ironizava sobre as declarações de Pedro Nuno Santos: “Pelos vistos, são as quatro rotas do Porto que dão prejuízo à TAP. As rotas de Lisboa darão lucro. A nova rota Lisboa/Bilbau deve ser um must em termos de rentabilidade e importantíssima para uma estratégia nacional”, escreveu o autarca, acrescentando que “se são as quatro rotas do Porto que dão prejuízo, pare com elas”. “Mas, por favor, incorpore a TAP na Carris ou na muito rentável Soflusa. Não nos importamos, havemos de encontrar uma solução. Para Lisboa é ótimo: fica com a TAP que, sem o prejuízo do Porto, deixa de ser um perdócio“, pediu.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Pedro Nuno Santos responde a Rui Moreira: “Nunca disse que as únicas rotas que dão prejuízo à TAP” são as do Porto

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião