Boeing 737 Max preparam-se para voltar aos céus com sinais positivos do regulador europeu

  • ECO
  • 17 Outubro 2020

O regulador europeu já deu sinais de que os aviões 737 Max poderão voltar aos céus antes do final do ano.

A Boeing está a preparar o regresso aos céus dos seus aviões 737 Max, depois do regulador europeu ter indicado que a autorização nesse sentido poderá chegar antes do final de 2020, avança esta sábado o The Guardian. Os 737 Max foram colocados em terra, no ano passado, na sequência de vários acidentes graves.

Depois de os aviões em causa terem sido banidos dos céus em março de 2019, a Boeing tem dado passos no sentido de voltar a conseguir autorização para colocar os 737 Max em circulação, nos Estados Unidos e na União Europeia.

Agora, o regulador europeu vem garantir que os 737 Max atingiram as exigências de segurança, na sequência de várias mudanças nos seus sistemas, sinalizando que a tal autorização poderá estar para breve.

A “luz verde” do regulador europeu será, de resto, um marco importante para a Boeing, já que os problemas verificados nos 737 Max abalaram as contas da empresa, o que acabou por ser agravado pelo impacto da pandemia de coronavírus no setor da aviação civil.

Esta semana, a Boeing já tinha anunciado que os aviões em questão estão prontos para regressar aos céus antes do final do ano, depois de terem sofrido alterações significativas no sentido de reforçar a segurança.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Boeing 737 Max preparam-se para voltar aos céus com sinais positivos do regulador europeu

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião