Vaticano confirma caso de Covid-19 na residência do papa Francisco

  • Lusa
  • 17 Outubro 2020

A pessoa infetada não apresenta sintomas e já está em isolamento. Na primeira vaga da pandemia, o Vaticano registou 12 casos de contágio.

O Vaticano confirmou este sábado um caso positivo à covid-19 na Casa Santa Marta, a residência do papa Francisco, sendo que a pessoa infetada não apresenta sintomas e já foi isolada, informou o porta-voz da Santa Sé.

De acordo com Matteo Bruni, o paciente deixou temporariamente a Casa Santa Marta, residência onde o pontífice argentino preferiu morar no Vaticano, e todas as pessoas com as quais manteve contato direto foram isoladas.

Matteo Bruni observou ainda que os três residentes do Vaticano que testaram positivo para o coronavírus nos últimos dias já estão curados.

O Governo do Vaticano obrigou o uso da máscara em todo o seu território, também ao ar livre, e em todas as suas sedes extraterritoriais, territórios e edifícios romanos sobre os quais tem jurisdição.

Na quarta-feira passada, o papa Francisco não usou a máscara durante a audiência geral com os fiéis, e só foi visto com ela numa ocasião, dentro de um carro que o levou para dentro das paredes da Santa Sé.

Porém, na quarta-feira, pela primeira vez, o pontífice renunciou saudar os fiéis no início e no final da audiência, desculpou-se por isso, por renunciar à proximidade, e instou-os a respeitar os protocolos de saúde contra o coronavírus. Durante a primeira onda da pandemia, o Vaticano registou 12 casos de contágio.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Vaticano confirma caso de Covid-19 na residência do papa Francisco

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião