Abreu Advogados é eleita a firma mais atrativa para trabalhar por alunos de direito

A Abreu Advogados ficou em primeiro lugar no ranking Universum 2020 das empresas favoritas dos estudantes de direito. No pódio ficou ainda o Banco de Portugal e a PLMJ.

A Abreu Advogados foi eleita, pelos estudantes universitários de direito, como a sociedade de advogados mais atrativa para trabalhar em Portugal, pelo segundo ano consecutivo. Segundo o mais recente estudo da Universum, a firma liderada por Duarte de Athayde conquistou o primeiro lugar num leque de cinco organizações, partilhando o pódio com o Banco de Portugal, em segundo lugar, e a PLMJ, em terceiro.

Ficamos muito satisfeitos pelo reconhecimento mas também cientes da responsabilidade que assumimos todos os anos no momento em que preparamos o processo de recrutamento daqueles que poderão vir a ser, um dia, o futuro da nossa sociedade. Nos últimos anos, temos procurado reinventar os nossos programas de recrutamento e de integração, valorizando sobretudo as competências humanas e técnicas que acreditamos serem essenciais ao futuro da advocacia, em áreas como a tecnologia ou a sustentabilidade”, referiu Alexandra Courela, sócia e responsável pelo programa de recrutamento de estagiários da Abreu Advogados.

Segundo a advogada, no recrutamento a firma tem dinamizado um conjunto de atividades que permitem refletir a “identidade” da firma, ” quebrando barreiras, incentivando diálogos, desafiando convenções e colocando o futuro em prática”. “Este primeiro lugar em que os estudantes de Direito nos colocaram diz-nos que estamos no caminho certo”, acrescenta.

Este estudo foi realizado durante um período de cinco meses, entre novembro de 2019 e março de 2020, e contou com a participação de 699 estudantes de direito de universidades portuguesas.

Em Portugal o inquérito abrangeu as áreas de ciências, direito, economia, educação, engenharia, TI e saúde, onde foram inquiridos 11.232 alunos de 35 universidades diferentes. Presente em mais de 40 mercados, a Universum é uma consultora transnacional especializada em análise de dados de carreira e recrutamento.

Apoie o jornalismo económico independente. Contribua

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso. O acesso às notícias do ECO é (ainda) livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo rigoroso e credível, mas não só. É continuar a informar apesar do confinamento, é continuar a escrutinar as decisões políticas quando tudo parece descontrolado.

Introduza um valor

Valor mínimo 5€. Após confirmação será gerada uma referência Multibanco.

Comentários ({{ total }})

Abreu Advogados é eleita a firma mais atrativa para trabalhar por alunos de direito

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião