Advogados vão ter uma Escola Superior da Advocacia até 2022

Bastonário quer que formação para estagiários tenha mais qualidade mas garante que não retira aos Conselhos Regionais esse pelouro. O protocolo será celebrado com o Centro de Estudos Judiciários.

A Ordem dos Advogados vai criar a Escola Superior de Advocacia até ao final do mandato atual do Conselho Geral. Ou seja, até 2022 os advogados estagiários terão, a par com a formação dada pelos Conselhos Regionais da OA, de fazer também a formação dada por esta nova escola, com caráter obrigatório. Na prática, serão ações de formação que os jovens licenciados em direito terão de fazer no Centro de Estudos Judiciários, que é responsável pela formação da magistratura judicial e a do Ministério Público.

O objetivo da Escola Superior da Advocacia é incrementar a formação fornecida pela Ordem aos Advogados, garantindo que os mesmos tenham sempre acesso a ações de formação de grande qualidade, quer no estágio, quer na formação contínua. Neste âmbito já negociámos um protocolo com o Centro de Estudos Judiciários, em ordem a assegurar que as conferências por estes organizadas possam estar também acessível aos advogados”, explica o bastonário dos Advogados, Luís Menezes Leitão, em declarações ao ECO e Advocatus. “E será criada durante o nosso mandato”.

Porém, o líder dos mais de 30 mil advogados garante que o pelouro da formação continuará a pertencer aos Conselhos Regionais (Lisboa, Porto, Évora, Coimbra, Faro, Madeira e Açores), uma vez que “pretendemos que a Escola Superior da Advocacia funcione em todo o país, pelo que terá também que funcionar nos Conselhos Regionais”. A ideia é “melhorar o estágio, garantindo a qualidade da formação do advogado estagiário e certificando a sua competência aquando da atribuição do título de advogado”.

Luís Menezes Leitão — professor na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa — explica que não foi feito nenhum protocolo com nenhuma faculdade de Direito: “a formação dos advogados e dos advogados estagiários é da competência exclusiva da sua Ordem e assim continuará a ser”.

Atualmente, o estágio que é dado na Ordem dos Advogados tem duas fases. A primeira, com a duração de seis meses e a segunda que dura, no máximo, um ano. E ainda o exame final de agregação que é composto por uma entrevista e um exame escrito. Na primeira fase têm de garantir a iniciação aos aspetos técnicos da profissão
e adquirir conhecimentos técnico-profissionais e deontológicos essenciais ao exercício da advocacia. Na segunda fase, o advogado estará já apto para a realização dos atos próprios da advocacia — como por exemplo a ida a um tribunal e terá que exercer a atividade prática no escritório de um patrono.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Advogados vão ter uma Escola Superior da Advocacia até 2022

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião