Tribunal de Contas usa inteligência artificial para controlar milhares de entidades

  • ECO
  • 2 Dezembro 2020

Sistema de inteligência artificial usada pelo Tribunal de Contas controla os gastos de milhares de entidades públicas.

O Tribunal de Contas (TdC) começou a utilizar um sistema baseado em inteligência artificial para controlar as contas de cerca de 6.500 entidades que tem sob a sua alçada, avança o Correio da Manhã (acesso pago).

Trata-se de um sistema que permite controlar melhor os dinheiros públicos e atuar de imediato em caso de irregularidades graves. “É um salto qualitativo muito grande na informação”, afirma ao CM o presidente do TdC, José Tavares, explicando que a instituição passou também a ser o único ponto de entrada dos dados financeiros públicos.

Numa primeira fase, o sistema verifica se os dados foram inseridos corretamente e se detetar erros as contas voltam para trás, para as respetivas entidades, para serem corrigidos. Antes este processo podia demorar um mês, entre a notificação e a resposta da entidade, agora é imediato devido a este sistema de IA.

Apoie o jornalismo económico independente. Contribua

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso. O acesso às notícias do ECO é (ainda) livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo rigoroso e credível, mas não só. É continuar a informar apesar do confinamento, é continuar a escrutinar as decisões políticas quando tudo parece descontrolado.

Introduza um valor

Valor mínimo 5€. Após confirmação será gerada uma referência Multibanco.

Comentários ({{ total }})

Tribunal de Contas usa inteligência artificial para controlar milhares de entidades

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião