Governo pondera aumentar salário mínimo para 665 euros em 2021

  • ECO
  • 8 Dezembro 2020

O Governo admite subir o salário mínimo em 35 euros, no próximo ano. Valor será apresentado, esta quarta-feira, aos parceiros sociais.

O Executivo de António Costa está a ponderar subir o salário mínimo em 30 euros (para 665 euros), no próximo ano, segundo avançam, esta terça-feira, o Público e o Jornal de Negócios. A proposta será apresentada aos parceiros sociais, na reunião marcada para esta quarta-feira.

O Governo tinha inicialmente indicado que a remuneração mínima iria ser atualizada em linha com a subida média dos últimos anos, isto é, 23,75 euros. Entretanto, em entrevista à Lusa, a ministra do Trabalho mostrou, contudo, disponibilidade para ir mais longe e o Governo está agora a trabalhar com base num aumento de 30 euros.

Esta atualização do salário mínimo deverá ser acompanhada de contrapartidas para os empregadores, nomeadamente apoios à tesouraria e eventuais medidas de caráter fiscal. Não está, no entanto, em cima da mesma a hipótese de reduzir a Taxa Social Única paga pelas empresas, como aconteceu noutros anos.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Governo pondera aumentar salário mínimo para 665 euros em 2021

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião