Bancos da UE precisam de mais 9,4 mil milhões de euros para cumprir rácios de capital

  • ECO
  • 10 Dezembro 2020

Com a aplicação de novas regras de Basileia III, que estão a ser finalizadas, os bancos precisam de mais capital para cumprirem os rácios definidos,

Os principais bancos da União Europeia (UE) vão precisar de mais 9,4 mil milhões de euros até 2028 para colmatar as deficiências de capital que surgirão com as novas regras do Basileia III, avança esta quinta-feira a Reuters.

Os países estão agora a finalizar os vários elementos do acordo de Basileia III, que introduz um conjunto de regras mais apertadas para o capital dos bancos para evitar que os resgates bancários tenham de ser suportados pelos contribuintes como na última década.

“Para cumprir o novo quadro, os bancos da UE deverão precisar de 9,4 mil milhões de euros de capital adicional de nível 1 [CET1]”, se as regras do acordo forem “implementadas na íntegra”, disse a Autoridade Bancária Europeia (EBA). O CET1 é o capital de máxima qualidade de uma instituição de crédito e compõe-se fundamentalmente por ações ordinárias, sendo assim uma medida da solidez do capital das entidades.

A autoridade avaliou a implicação do capital na implementação das novas regras numa amostra de 106 bancos na UE. Os requisitos mínimos de nível 1 devem aumentar cerca de 15,4%. O novo limiar de capital mínimo, a ser faseado em cinco anos, é responsável por cerca de metade do aumento de 15,4%, atingindo estes 106 bancos por volta de 2027, indica a ABE.

Previamente, o grupo das 20 maiores economias mundiais (G20) tinha acordado que as regras finais do Basileia III não deveriam aumentar as necessidades de capital dos bancos.

Segundo a Reuters, espera-se que a UE faça alterações à aplicação do acordo, por forma a aliviar os credores mais pequenos, uma vez que os bancos estão a ser instruídos pelos reguladores a utilizar as suas reservas de capital para conceder empréstimos para apoiar a economia atingida pela Covid-19.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Bancos da UE precisam de mais 9,4 mil milhões de euros para cumprir rácios de capital

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião